WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
;
o blog artigos curiosidades dicas qualidade de vida fale conosco
outubro 2020
D S T Q Q S S
« jul    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

:: ‘sistema imunológico’

Divorciados têm maior tendência a sofrer ataques cardíacos, aponta estudo

DO BN SAÚDE

Uma pesquisa da Universidade de Duke, nos Estados Unidos, descobriu que divórcio pode gerar mais problemas do que se imagina ao casal.

Publicado na revista Circulation, o estudo mostra que pessoas divorciadas têm uma maior tendência a ataques cardíacos. “Minha especulação é que o sofrimento psicológico leva a um constante estresse sobre o sistema imunológico, o que causa altos níveis de inflamação e aumento do estresse hormonal.

A função imune é alterada para pior e se isso continua por muitos anos é criado um problema fisiológico”, explicou uma das coordenadoras da pesquisa, Linda George. De acordo com a publicação, o divórcio pode aumentar em 24% a taxa de ataque do coração entre mulheres e em 10% entre os homens. Já para aqueles que passaram por mais de um divórcio, o risco sobe para 77% no caso das mulheres e 30% para homens.

Segundo o jornal O Globo, de 1992 a 2010 foram analisadas 15.827 pessoas. Ainda não há uma forma de minimizar os efeitos, a não ser o apoio de amigos.

Descoberta nova molécula na luta contra as alergias

DO DS

POR EMMA THORNE

Alergia a ácaros

Os ácaros não podem ser visualizados a olho nu, mesmo tão pequenos podem causar sérios problemas para a nossa saúde. Eles têm preferência por lugares de climas amenos ou quentes e úmidos, eles se alimentam com os restos da pele humana e esperma humano, é bastante comum serem encontrados se proliferando em cortinas, livros, moveis, cobertores, lençóis, edredons, colchas, sofás, colchões, travesseiros, tapetes, carpete e etc.

Cientistas da Universidade de Nottingham (Reino Unido) descobriram uma nova molécula que traz esperanças de novos tratamentos para pessoas alérgicas a ácaros.

A molécula, chamada DC-SIGN, parece amortecer a resposta alérgica do corpo aos ácaros.

Ela pode ser encontrada na superfície das células do sistema imunológico que desempenham um papel-chave no reconhecimento de um alérgeno essencial dos ácaros da poeira doméstica, chamado Der p 1, uma das principais causas da asma. :: LEIA MAIS »

Imunodeficiências têm tratamentos díficeis e diagnósticos demorados

DA GLOBO VIDEOS/ESPAÇO ABERTO SAÚDE

As imunodeficiências podem causar doenças que atacam o sistema imunológico do corpo humano e exigem dos pacientes um cuidado maior com a saúde. O tratamento é feito com a imunoglobulina, que fortalece as defesas do corpo e reduz os efeitos da doença.

Sexo forte: mulheres têm melhor sistema imunológico que homens

A mulher adoece menos, se preocupa mais com a saúde que o homem e é mais inclinada a seguir dietas e recomendações médicas rigorosamente. Resultado: existem mais viúvas do que viúvos

De acordo com pesquisa realizada na Universidade de Ghent, na Bélgica, as mulheres são mais resistentes às doenças do que os homens. Focando-se na análise do papel dos microRNAs codificados no cromossomo X, os cientistas descobriram que elas têm o sistema imunológico mais forte e são menos propensas a desenvolver câncer.

Os microRNAs são pequenas fitas de ácido ribonucleico que, juntamente com o DNA e as proteínas, constituem as três principais macromoléculas que são essenciais para todas as formas de vida conhecidas. O cromossomo X concentra 10% de todos os microRNAs detectados até agora no genoma. As funções de muitos deles são desconhecidas, mas dos conhecidos, muitos dos localizados no cromossomo X e têm funções importantes na imunidade e no controle do câncer.

“As estatísticas mostram que, nos humanos, assim como acontece com outros mamíferos, as fêmeas vivem mais do que os machos e são mais capazes de lutar contra episódios de choques, de infecção, sepse ou trauma”, explica o Dr. Claude Libert, um dos autores da pesquisa. :: LEIA MAIS »

Sexo forte: mulheres têm melhor sistema imunológico que homens

DO DS

Questão de cromossomo

Embora os homens sejam fisicamente mais fortes, há um ditado popular que afirma que mulher não tem tempo para adoecer.

Uma nova pesquisa científica agora vem apoiar a ideia de que as mulheres são mais resistentes às doenças do que os homens.

A pesquisa analisou o papel dos microRNAs codificados no cromossomo X para explicar por que as mulheres têm sistemas imunológicos mais fortes que os homens e por que elas são menos propensas a desenvolver câncer. :: LEIA MAIS »

Sistema imunológico humano tem sistema de backup

DO DS

Backup imunológico

O sistema imunológico humano possui um plano de backup eficaz para proteger o organismo contra infecções quando o “regulador mestre” do sistema imunológico principal falha.

A descoberta foi feita em um estudo realizado por cientistas da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, que será publicado brevemente na revista científica Nature Immunology.

O sistema imunológico defende o organismo contra infecções causadas por bactérias e vírus, mas também pode causar inflamações. Quando ele falha, contudo, parece haver um segundo batalhão de defesa, pronto para entrar em ação. :: LEIA MAIS »

Cientistas brasileiros descobrem mecanismo contra infecção generalizada

da Agência USP

A descoberta pode significar a solução para as mortes provocadas por infecções generalizadas, denominadas sepse.

Sepse

Pesquisas conjuntas entre a Faculdade de Medicina da USP, em Ribeirão Preto, e o Centro de Pesquisas Biomédicas da Universidade de Glasgow, no Reino Unido, podem significar a solução para as mortes provocadas por infecções generalizadas, denominadas sepse.

A sepse é uma resposta inflamatória sistêmica que ocorre devido a uma falha do sistema imunológico em controlar uma infecção local. A migração do subtipo de células do sangue, os neutrófilos, para o foco da infecção compõe uma das principais armas de defesa do organismo contra infecções bacterianas.

Reativação do sistema imunológico

Em estudos anteriores, os pesquisadores brasileiros demonstraram que a sepse desenvolvia-se, em parte, pela ocorrência de uma falha na migração de neutrófilos para o foco da infecção. O motivo para que isso não ocorresse ainda era um grande mistério, que pode ter sido desvendado nesse estudo.

As pesquisas de brasileiros e britânicos conseguiram demonstrar que é possível restabelecer a migração de neutrófilos para o foco infeccioso e, por conseguinte, o próprio sistema imune, para que ele combata o desenvolvimento dos processos inflamatórios generalizados. :: LEIA MAIS »

Aprovada nos Estados Unidos a primeira vacina contra tumor de próstata

da Agência Estado

O primeiro tratamento contra o câncer de próstata que usa o sistema imunológico para combater a doença recebeu hoje aprovação do governo norte-americano, oferecendo uma importante alternativa para tratamentos mais intensivos como a quimioterapia.

A vacina Provenge, da Dendreon Corp., prepara o sistema imunológico para lutar contra os tumores. O remédio é chamado de “vacina”, embora trate a doença em vez de preveni-la. Os médicos vêm tentando desenvolver esse tipo de terapia há décadas e a Provenge é a primeira a conseguir a aprovação da a agência que regula alimentos e remédios no país, o FDA.

“A grande notícia é que é o primeiro tratamento de imunoterapia a conseguir aprovação, e eu acho que dentro de cinco a dez anos imunoterapias serão uma grande parte do tratamento contra o câncer”, disse o doutor Phil Kantoff, oncologista do Instituto do Câncer Dana-Farber, que ajudou a realizar os estudos para a Provenge. :: LEIA MAIS »

Otimismo fortalece sistema imunológico

da BBC

Resposta imunológica

Expectativas positivas em relação ao futuro podem fortalecer o sistema imunológico, segundo uma pesquisa científica realizada nos Estados Unidos.

O estudo, conduzido pelas especialistas em psicologia clínica Suzanne Segerstrom, da Universidade de Kentucky, e Sandra Sephton, da Universidade de Louisville, verificou que as expectativas dos estudantes em relação ao futuro afetaram sua resposta imunológica.

Otimismo em alta

Estudos anteriores já haviam concluído que as pessoas que são otimistas em relação à saúde em geral respondem melhor a tratamentos médicos.

Foi constatado, por exemplo, que pacientes de transplante cardíaco com perspectivas positivas em relação ao resultado da operação, normalmente se recuperam melhor da cirurgia. :: LEIA MAIS »

Médicos brasileiros explicam nova técnica para tratar leucemia

do Jornal de Uberaba

As células do cordão umbilical são capazes de se transformar em qualquer outra. Mas, a quantidade delas é pequena. Agora, com a reprodução dessas células, conseguida pelos cientistas, é possível usá-las em diversos tipos de tratamentos.

Por enquanto, a descoberta dos americanos está sendo usada no tratamento da leucemia.
As células-tronco retiradas do cordão umbilical de um recém-nascido são consideradas jóias raras para os cientistas. Elas contêm células que dificilmente são rejeitadas pelo sistema imunológico.

O problema é que o volume de sangue no cordão é pequeno para atender um transplante em uma pessoa adulta.
“É muito difícil hoje conseguir transplantar células do cordão umbilical para pessoas que têm um peso maior, como as pessoas adultas. :: LEIA MAIS »

Aids

O que é?

É uma doença que ataca o sistema imunológico devido à destruição dos glóbulos brancos (linfócitos T CD4+). A Aids é considerada um dos maiores problemas da atualidade pelo seu caráter pandêmico (ataca ao mesmo tempo muitas pessoas numa mesma região) e sua gravidade.

Qual o agente envolvido?

A infecção se dá pelo HIV, vírus que ataca as células do sistema imunológico, destruindo os glóbulos brancos (linfócitos T CD4+). A falta desses linfócitos diminui a capacidade do organismo de se defender de doenças oportunistas, causadas por microorganismos que normalmente não são capazes de desencadear males em pessoas com sistema imune normal.

Quais os sintomas?

Os primeiros fenômenos observáveis são fraqueza, febre, emagrecimento, diarréia prolongada sem causa aparente. Na criança que nasce infectada, os efeitos mais comuns são problemas nos pulmões, diarréia e dificuldades no desenvolvimento. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia