WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
;
o blog artigos curiosidades dicas qualidade de vida fale conosco
setembro 2020
D S T Q Q S S
« jul    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

:: ‘saúde’

5 dicas para preservar a saúde das crianças nas estações primavera e verão

DA REDAÇÃO

POR CRISTIANA MEIRELLES*

*Cristiana Meirelles é formada em Medicina pela UFRJ. Possui títulos de especialista em Pediatria e Infectologia Pediátrica pela SBP, e Pós-graduada em Síndrome de Down pela Faculdade de Medicina do ABC/SP. É pediatra parceira da Beep Saúde, plataforma que disponibiliza atendimento médico 24 horas com conveniência.

Todos os pais desejam que seus filhos aproveitem os meses de primavera e verão com plena saúde. Para isso, alguns cuidados são fundamentais para evitar doenças infectocontagiosas que podem atrapalhar a rotina escolar e a diversão nessas estações. Por isso, listei abaixo algumas dicas que considero essenciais para essas épocas do ano:

1) Alimentação saudável: Uma das principais bases do desenvolvimento infantil é a nutrição. Aleitamento materno nos primeiros meses de vida e uma alimentação rica em legumes, verduras, frutas e carnes são essenciais para a capacitação do sistema imunológico. Evitar o consumo de açúcar e frituras é fundamental. Nos meses de primavera e verão, é muito importante hidratar-se devido às temperaturas mais altas desse período. Lembre-se: a água é a melhor bebida para as crianças;

2) Vacinação: Muitas doenças podem ser prevenidas por meio da vacinação. Manter o cartão de vacinas da criança sempre atualizado reduz as chances de adoecimento por hepatite, caxumba, meningite e outras enfermidades potencialmente devastadoras. Durante a primavera, uma doença comum é a varicela (catapora) que, embora seja considerada benigna e autolimitada, pode causar consequências graves e até mesmo o óbito. A vacina contra varicela, por exemplo, deve ser administrada em duas doses: a primeira com um ano de idade e a segunda três meses depois; :: LEIA MAIS »

O que é alimentação saudável para você?

DA REDAÇÃO

Nutricionista alerta: nenhum alimento deve ser considerado vilão da dieta

Hoje em dia ouvimos muito falar sobre alimentação saudável, cardápio fitness ou funcional, produtos integrais e diversas opções de receitas milagrosas. Mas o que isso tudo significa e quais os benefícios reais para a manutenção da saúde?

Aquele biscoito recheado ou coberto com chocolate, também a macarronada da nonna e o sanduichinho no meio da tarde podem e devem fazer parte da sua dieta! De acordo com Marcela Tardioli, consultora em nutrição da Associação Brasileira das Indústrias de Biscoitos, Massas Alimentícias e Pães & Bolos Industrializados (ABIMAPI) uma refeição balanceada deve contemplar diferentes categorias de alimentos, sejam eles, pães, frutas, saladas, carnes, leites, massas, grãos, entre outros. “Nesta composição entram todos os grupos de nutrientes, proteínas, carboidratos, gorduras, vitaminas e minerais, portanto, não podemos ‘vilanizar’ e excluir nenhum alimento específico”, explica. :: LEIA MAIS »

O que os homens devem comer para ficarem mais atraentes, segundo a ciência

DA REDAÇÃO

Estudo diz que o odor tem um efeito sobre a atração que exercem sobre o sexo oposto.

Não são poucos os estudos que destacam os benefícios para a saúde de se comer frutas e verduras. Mas uma nova pesquisa traz um argumento a mais em favor dos alimentos saudáveis: os homens ficam mais atraentes.

Segundo pesquisadores da Universidade de Macquarie, na Austrália, as mulheres preferem o cheiro dos homens que consomem mais frutas e vegetais, contra aqueles cuja dieta está majoritariamente baseada em carboidratos refinados, como pães e massas. “Sabemos há bastante tempo que o cheiro é um componente importante da atração, especialmente para as mulheres”, disse Ian Stephen, autor da pesquisa, à rádio americana NPR. :: LEIA MAIS »

Dia Nacional do Ciclismo traz reflexões sobre esta prática esportiva

DA REDAÇÃO

O dia 19 de agosto é oficialmente o Dia do Ciclista no Brasil. Esse dia foi escolhido para homenagear Pedro Davison, ciclista e biólogo que morreu em 2006 atropelado em Brasília.

Mais que uma atividade física ou um meio de transporte, para algumas pessoas a bicicleta representa um estilo de vida e serve para cuidar do corpo e da mente de quem dela se utiliza e também da sociedade e do planeta, pois traz uma série de benefícios a exemplo da não poluição ambiental.

Em termos de saúde, o ciclismo é uma atividade rítmica e cíclica, ideal para desenvolvimento dos sistemas de energia aeróbico e anaeróbico, dependendo do tipo de treinamento aplicado. Desenvolve o sistema cardiovascular dos praticantes, sendo ainda indicado por médicos especialistas como ótimo exercício para queima de gordura corporal e desenvolvimento de resistência de força muscular de pernas, em treinamentos.

O mundo moderno inventou também o ciclismo estático, ou seja, a prática do ciclismo em bicicletas ergométricas e em locais fechados, casa, academia, clube, etc, um exercício aeróbico alternativo e seguro ideal para indivíduos que desejam maior segurança, sustentação e facilidade de manejo do que o ciclismo de estrada ou de pista. :: LEIA MAIS »

Jovens estão perdendo a vida por descuido da saúde

DA REDAÇÃO

POR WOLMAR CARREGOZI MIRANDA*

*Wolmar Carregozi Miranda é ginecologista, obstetra, clínico geral e médico do trabalho. É também auditor de saúde e segurança do trabalho, diretor, coordenador e editor do Acessemed.com.br

É durante a juventude que as pessoas menos se preocupam com a saúde. As prioridades são os estudos, o trabalho, as festas, os amigos.

No entanto, juventude não é apenas badalação. E para levar uma vida no ritmo dos jovens de hoje, é preciso muita saúde, disposição e, se possível, algum preparo físico, pois a rotina movimentada exige maiores esforços.

As atividades dos jovens de hoje incluem festas e mais festas que prometem muita diversão, noites sem dormir, uso abusivo de bebidas alcoólicas, energéticos à base de cafeína e taurina, cigarros e o fácil acesso a drogas, como a maconha, a metilenodioximetanfetamina (MDMA), mais conhecida como ecstasy, a cocaína e o crack, que fazem com que os usuários se sintam cada vez mais cansados, e problemas, que antes só surgiam a partir da terceira idade, apareçam cada vez mais cedo. A despreocupação com relação à alimentação é típica das pessoas mais jovens. Colesterol, triglicérides e glicemia elevados, para eles, é coisa de idoso e, providências deverão ser tomadas quando tiverem mais idade. Ledo engano! :: LEIA MAIS »

Mulher usa mandioca para prazeres sexuais e acaba se dando mal

DA REDAÇÃO

Ela precisou ser socorrida por vizinhos e encaminhada a um hospital da cidade para fazer uma cirurgia e retirar o alimento do seu órgão sexual.

Quem trabalha na área da saúde, ou até mesmo tem algum amigo que seja médico ou enfermeiro, pode já ter ouvido, talvez até presenciado, casos no qual o paciente tenha utilizado objetos não convencionais para obter prazer sexual. Apesar de não ser tão comum, é uma prática que algumas pessoas adotam, sem antes mesmo de pensar nas consequências, que podem ser fatais, ou digamos que bem constrangedoras. :: LEIA MAIS »

5 dicas para emagrecimento

DA REDAÇÃO/YOU TUBE

Você pode emagrecer de várias maneiras, mas com essas 5 dicas o resultado vai ser mais eficaz e de forma bem saudável. Márcio Atalla traz informações interessantes sobre esse assunto. Ele é professor de Educação Física, com especialização em Treinamento de Alto Rendimento, e pós-graduado em Nutrição, pela USP.


Cientistas apontam cinco habilidades necessárias para ter saúde e sucesso

DA REDAÇÃO

Chave para o sucesso não está necessariamente em aspectos como educação ou dinheiro. Habilidades identificadas por cientistas como importantes não dependem de inteligência e podem ser desenvolvidas

Qual é o segredo para uma vida bem sucedida?

De acordo com os resultados de uma pesquisa científica britânica, a chave para o sucesso não está necessariamente em aspectos como educação, dinheiro ou inteligência, mas, sim, em certas “habilidades para a vida” como o otimismo ou a persistência. Um grupo de pesquisadores da University College de Londres (UCL, na sigla em inglês) examinou mais de 8 mil homens e mulheres entre 52 e 90 anos e a maneira como viviam e avaliavam suas vidas. :: LEIA MAIS »

Apenas 20% dos brasileiros consomem frutas, legumes e verduras suficientes

DA REDAÇÃO

O consumo de frutas, legumes e verduras está associado com a redução de ocorrências de diversas doenças, como diabetes, derrames, doenças cardiovasculares e alguns tipos de câncer.

Mas apenas 20,9% da população relata o consumo regular desses alimentos. A conclusão é de um estudo feito por pesquisadores da Universidade Federal de Pelotas e publicado em artigo na revista Cadernos de Saúde Pública, da Fiocruz.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda um consumo mínimo de cinco porções diárias de frutas, legumes e verduras, o equivalente a 400 gramas ou mais por dia. Os pesquisadores apontam uma insuficiência no consumo desses alimentos na dieta dos brasileiros em todos os segmentos populacionais. :: LEIA MAIS »

Trabalho noturno causa problemas ao sono e à saúde

DA REDAÇÃO

Quem trabalha no período noturno e precisa descansar durante o dia dorme menos e pior. Além disto, os hormônios melatonina e cortisol, bem como as citocinas inflamatórias salivares sofrem uma desregulação em sua produção, o que pode ser um indicador para diversas doenças, incluindo o câncer.

Estes são alguns dos apontamentos da bióloga Érica Lui Reinhardt, em sua tese de doutorado pela Faculdade de Saúde Pública (FSP) da USP. Ela afirma que, para diminuir estes problemas, as empresas devem implantar turnos alternantes, já que o trabalho noturno é necessário a alguns setores profissionais. :: LEIA MAIS »

Preguiça de levantar da cama é sinal de inteligência, diz estudo

DA REDAÇÃO

Quando o celular desperta você levanta da cama no mesmo momento ou você é do time de adia a hora de levantar por mais cinco, dez, ou até quinze minutos? Se a segunda opção representa você, fique sabendo que, ao invés de se sentir preguiçoso, você pode se considerar uma pessoa mais inteligente que os demais. Dá para acreditar nisso?

De acordo com um estudo inglês, desenvolvido pelos psicólogos Satoshi Kanazawa e Kaja Perina, quem tem preguiça de levantar da cama pode ser considerada uma pessoa mais inteligente, criativa e feliz. Isso porque reconhecer a necessidade de dormir mais e, assim apertar o botão de soneca, demonstra sua capacidade de resolução de problemas e sua independência. :: LEIA MAIS »

Trabalhar demais não gera produtividade

DA REDAÇÃO

Você muitas vezes pensa que não pode se afastar do escritório porque ninguém conseguiria fazer seu trabalho em seu lugar? Ou muda seus planos pessoais para trabalhar até tarde da noite ou no final de semana? Sente-se culpado por parar de trabalhar na hora certa?

Se uma destas situações lhe parece familiar, você pode fazer parte de um número crescente de “trabalhadores mártires” que estão mudando drasticamente a cultura corporativa e levando a um aumento do número de casos de estresse e esgotamento. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia