Assunto: ‘propagandista de medicamentos’

Salve 14 de julho, Dia do Representante de Medicamentos!

DA REDAÇÃO DO ACESSEMED.COM.BR

por Wolmar Carregozi*

(Atendendo a pedidos, republicamos esta matéria)

Espera compensadora

A profissão de propagandista de medicamentos é bastante árdua, pois, todos os dias tem que atender aos médicos de uma cidade, ou boa parte dela.

Numa manhã de sol escaldante, as pessoas se apertavam naquele posto de saúde de periferia, todas à espera de atendimento médico que começara fazia pouco tempo. Todas aguardavam com muita ansiedade, pois, haviam passado boa parte da madrugada na fila para conseguir a ficha de consulta. Entre elas estava o Raimundo, que apresentava dor na coluna, desde quando fez  um esforço demasiado no seu trabalho, dias atrás.

O calor, a fome, o cansaço, o tédio da espera e a incerteza sobre o sucesso do seu tratamento o faziam ficar impaciente. Além de tudo, deveria, ainda, contar com a compreensão do médico para lhe fornecer um atestado à saída. Mais um motivo de preocupação era o fato de ser uma pessoa carente e não ter o dinheiro para comprar medicamentos, caso o medico lhe indicasse algum remédio que não fosse fornecido pela Farmácia Básica da Prefeitura.

De repente, em meio àquela multidão surgiu um homem sério, bem arrumado, portando uma valise. Era um representante de medicamentos. Dirigiu-se à recepcionista perguntando pelo médico. Em seguida foi até o consultório, bateu na porta e foi recebido com um sorriso, como se não houvesse ninguém naquele recinto à espera do doutor. Raimundo ficou indignado e começou a reclamar com os demais pacientes. Depois de uma longa espera, o homem saiu e educadamente agradeceu a todos e desculpou-se pela demora. Apesar disto,  ao retirar-se, deixou atrás de si murmúrios e indiretas de quem se incomodara com a sua presença. + | Leia a matéria completa »





Links