WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
;
o blog artigos curiosidades dicas qualidade de vida fale conosco
junho 2021
D S T Q Q S S
« jul    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

:: ‘planos de saúde’

Planos de saúde batem boca com ANS sobre regras

DA AGÊNCIA BOM DIA

REINALDO CHAVES

Empresas de pequeno e médio porte afirmam que não foram feitos estudos de estimativas de custos para novos procedimentos obrigatórios e dizem que algumas podem até quebrar; novos prazos foram bem aceitos

A ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar ) tenta “enquadrar” os planos de saúde e exigir mais qualidade no atendimento ao consumidor.

Entre as principais mudanças estão a delimitação de prazo máximo para atendimentos (que passa a valer daqui um mês) e a inclusão de vários novos procedimentos obrigatórios.

O BOM DIA procurou os planos para ouvir se irão obedecer todas as novas regras. A reclamação principal foi contra os novos procedimentos, que passa a valer em janeiro de 2012.

A Abramge (Associação Brasileira de Medicina de Grupo), afirmou por meio de sua assessoria que a inclusão de procedimentos foi feita “sem estimativa de custos e debate”. A entidade diz considerar um “absurdo que pode custar a falência de algumas operadoras, principalmente aquelas de pequeno e médio porte”. :: LEIA MAIS »

Médicos do SUS e de planos de saúde prevêem paralisações

DO NOTÍCIAS BR

Planos de saúde pagam R$ 32,00 por uma consulta. No particular os preços variam de R$ 80,00 a R$ 200,00

Os médicos que atendem pelos planos de saúde irão suspender os atendimentos clínicos no dia 21 de setembro, a paralisação deve atingir todo o território nacional e pretende reivindicar reajustes periódicos nos honorários. Os médicos recebem hoje R$ 32 por consulta, mas exigem que as operadoras de planos de saúde passem a pagar o valor de R$ 80 no mínimo pelos atendimentos.

Em São Paulo as negociações com as empresas já começaram, e a Comissão Estadual Mobilização Médica para a Saúde Suplementar divulgou um cronograma das paralisações no estado a partir de primeiro de setembro.

Deixarão de serem atendidos 3,2 milhões de paciente. De acordo com o cronograma, os médicos que atendem ginecologia e obstetrícia irão parar de 1° a 3 de setembro, os otorrinolaringologistas de 8 a 10, os pediatras de 14 a 16, ortopedistas e traumatologistas de 19 a 2, pneumologistas e tisiologistas de 21 a 23 e cirurgiões plásticos de 28 a 30. :: LEIA MAIS »

ANS inclui 69 procedimentos na cobertura de planos de saúde

DA AGÊNCIA ESTADO

A médica Bianca Oliveira, de Vitória da Conquista-BA, é especialista em Oxigenioterapia Hiperbárica, que é indicada para o tratamento do "pé diabético" e que agora também está incluso na lista dos 69 procedimentos obrigatórios dos planos de saúde.

Rio – A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) incluiu 69 procedimentos no rol de cobertura básica obrigatória dos planos de saúde. São exames, tratamentos, ampliação do número de consultas com nutricionista e terapeuta ocupacional e 41 tipos de cirurgia por vídeo, inclusive a cirurgia bariátrica (para a redução de estômago).

Nessa atualização do rol houve grande participação popular: 69% das mudanças foram feitar a partir de sugestões da sociedade. “Nós consolidamos todas as demandas, analisamos quanto à eficácia, efetividade e disponibilidade no território nacional”, explicou a gerente geral de regulação assistencial da ANS, Martha Oliveira.

Três procedimentos foram os mais sugeridos: oxigenoterapia hiperbárica para o pé diabético, exames para determinar marcadores genéticos (que revelam se determinado tratamento é eficaz para o paciente de câncer) e a angiotomografia, exame menos invasivo para o diagnóstico de obstrução coronariana.

Outro procedimento que teve mobilização da sociedade foi a cirurgia bariátrica por videolaparoscopia. A ANS recebeu um abaixo-assinado com duas mil assinaturas. “A partir de janeiro, os planos terão a obrigação legal de cobrir o melhor tratamento disponível. :: LEIA MAIS »

Troca de convênio – plano de saúde – ficará mais fácil amanhã

DO CORREIO DO POVO

Nova norma é da ANS (Agência Nacional de Saúde)

Trocar de plano de saúde vai ficar mais fácil a partir de amanhã. Agora, quem tiver convênio, com contrato assinado a partir de janeiro de 1999, vai ter quatro meses para mudar para outra operadora com a mesma categoria de atendimento, sem precisar cumprir nova carência (período que o cliente paga o plano, mas não pode usar o serviço).

A nova norma da ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar), que entra em validade em todo o país amanhã, também estendeu a troca sem carência para planos coletivos, familiares e empresariais. Antes, o prazo para mudança era de apenas dois meses, perto do aniversário do contrato, e apenas para planos individuais.

Também foi reduzido de dois para um ano o tempo de permanência no plano de saúde para pedir a segunda troca.

Planos de saúde vão aumentar 7,69%

DO CORREIO DA BAHIA

POR LUCIANA REBOUÇAS

Reajustes atingem 60 mil usuários de planos individuais em toda a Bahia

A Agência Nacional de Saúde Complementar (ANS) anunciou ontem um reajuste máximo de 7,69% para os planos individuais e familiares com contratos assinados a partir de 1999. A medida atinge 8 milhões de consumidores no país e cerca de 60 mil usuários na Bahia. Em razão da Agência ter levado dois meses para divulgar o percentual de aumento, os consumidores que fizeram aniversário de contrato nos meses de maio, junho ou julho terão que pagar o valor retroativo. :: LEIA MAIS »

ANS punirá plano que oferece bônus aos médicos

DE O DIA ONLINE

Agência quer evitar acordos para reduzir os pedidos de exames dos pacientes

Rio – Médicos e planos de saúde que combinarem pagamento de bonificação para que os profissionais reduzam número de pedidos de exames e consultas serão punidos pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). A Súmula 16 publicada pela agência determina multa de R$ 35 mil para coibir a prática, conhecida como “consulta bonificada” ou “pagamento por performance”. De acordo com a ANS, médicos pressionados pelos planos têm feito denúncias à agência.

O mecanismo voltado a diminuir a quantidade de exames pedidos para um paciente ocorreria com plano firmando um contrato em que o médico que pedir menos procedimentos clínicos recebe em troca, no fim do mês, um preço melhor pela consulta ou até pagamento em dinheiro. O diretor de Desenvolvimento Setorial da ANS, Bruno Sobral, informou que as denúncias serão investigadas pela agência. “Médicos e clientes de planos podem denunciar a prática pelo 0800-7019656 ou pelo site www.ans.gov.br”, orientou. :: LEIA MAIS »

ANS passa pente-fino em 500 planos de saúde

DO DIÁRIO DO GRANDE ABC

POR PAULA CABRERA

A saúde privada do País está na UTI. Atualmente cerca de 500 operadoras de planos de saúde enfrentam direção fiscal da ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar), pente-fino sob as finanças da empresa para determinar se o grupo está apto a atender clientes.

A andreense Samcil, que fechou as portas do Hospital e Maternidade Mauá na semana passada, é uma das que enfrentam o desafio atualmente, o que deixou em pânico os 61 mil usuários do convênio no Grande ABC.
Apesar do cenário desolador, especialista pontua que a intervenção rápida da ANS não é o fim da linha, mas um alerta para que a empresa se recupere e sobreviva ao mercado, como aconteceu com o grupo Unimed Paulistana no mês passado. :: LEIA MAIS »

Médicos dos planos de saúde vão parar no dia 7

DE O DIA ONLINE

Rio – Médicos credenciados aos planos de saúde em todo o País farão boicote de 24 horas no próximo dia 7, quando não atenderão a pacientes nem realizarão cirurgias eletivas.

Com a suspensão do atendimento, a categoria — cerca de 160 mil no Brasil — reivindica reajuste dos honorários e contratos com previsão de aumentos periódicos nas tabelas. Segundo a Associação Médica Brasileira, as entidades de saúde pagam, em média, R$ 40 por consulta. :: LEIA MAIS »

ANS lança novo portal para o consumidor

DA INFOMONEY

O novo portal corporativo da ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) entrou no ar nesta terça-feira (15), Dia Mundial do Consumidor, como estratégia para estreitar os laços entre a agência e os usuários de planos de saúde no País.

Entre as reformulações, está o acesso facilitado às perguntas frequentes e aos canais de atendimento da agência, como forma de reforçar a integração entre público e órgão.

O novo portal (www.ans.gov.br) se vale ainda da compilação de toda a legislação do setor, com as referências de alterações e revogações marcadas no texto e áreas destinadas aos dois principais públicos da ANS: consumidor e operadoras de planos de saúde.

Mudanças

A reformulação da principal ferramenta de comunicação da ANS com seus públicos teve início em 2009 e contou com o envolvimento de toda a instituição.

De acordo com a agência, a página on-line foi desenvolvida em gerenciador de conteúdo gratuito (software livre) e cumpre todas as recomendações de acessibilidade que constam das diretrizes do Programa de Governo Eletrônico Brasileiro.

Paralisação Nacional dos médicos em 7 de abril

DE ODIARIO.COM

Médicos de todo o Brasil que prestam serviços para operadoras de planos de saúde (convênios) decidiram nesta sexta-feira, 18/02, paralisar suas atividades durante um dia, em sete de abril próximo. A categoria vai promover o Dia Nacional de Paralisação por melhorias nas condições de relacionamento entre os planos de saúde e os médicos.

A decisão foi tomada na reunião da Comissão de Saúde Suplementar, formada por membros das três entidades médicas nacionais – Federação Nacional dos Médicos, Conselho Federal de Medicina e Associação Médica Brasileira, que, em conjunto com a Comissão de Consolidação da CBHPM, realizou o encontro em São Paulo, na sede da Associação Paulista de Medicina. :: LEIA MAIS »

Consulta para limitar espera de atendimento

DO DIÁRIO DO NORDESTE

Nova regulamentação da ANS prevê reduzir os prazos máximos de espera dos beneficiários de planos de saúde

São Paulo/Fortaleza A ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) iniciou ontem consulta pública do texto de uma resolução que pretende limitar o tempo de espera para atendimento de clientes de planos de saúde em todo o país.

O texto ficará disponível para consulta até o dia 4 de março, e, após o fim do prazo, a ANS vai reunir as contribuições recebidas e elaborar o texto final da resolução. Quem quiser participar poderá acessar o site da agência. :: LEIA MAIS »

Os planos de saúde terão prazo para atender clientes

DO JORNAL DA TARDE

Os planos de saúde terão prazo para atender clientes. O presidente da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), Mauricio Ceschin, disse ontem que na semana que vem será divulgada resolução que aumentará a garantia de acesso aos serviços de planos de saúde, estabelecendo prazos de atendimento ao usuário em consultas médicas e em procedimentos cirúrgicos.
Segundo ele, a resolução está em fase final de análise pelo órgão e na semana que vem será colocada à disposição das operadoras para consulta pública. “Para cada tipo de atendimento haverá um limite quando se fala em consulta e cirurgia”, disse.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia