WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
;
o blog artigos curiosidades dicas qualidade de vida fale conosco
setembro 2020
D S T Q Q S S
« jul    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

:: ‘câncer’

EUA aprovam terapia inédita que mudará o tratamento do câncer

DA REDAÇÃO

Célula cancerígena (iStock/Getty Images)

A FDA, a agência americana que regula medicamentos, aprovou nesta quarta-feira um tratamento inovador capaz de combater o câncer. A terapia celular chamada comercialmente de Kymriah (tisagenlecleucel), da farmacêutica suíça Novartis, será indicada para casos de leucemia linfoide aguda, um tipo de câncer comum em crianças e adolescentes.

Poderá ser uma opção para pacientes com até 25 anos que não melhoraram com nenhum outro tratamento. “Estamos entrando em uma nova fronteira de inovação médica com a capacidade de reprogramar as células do próprio paciente para atacar um câncer mortal”, afirmou o diretor da agência Scott Gottlieb.

Como funciona

Conhecido como CAR-T, o método é totalmente personalizado e associa a imunoterapia à engenharia genética. Ao contrário dos medicamentos disponíveis atualmente, cada dose é customizada para o paciente e, para isso, há uma logística complexa. :: LEIA MAIS »

Entenda sobre a doença que silenciou Luiz Melodia

DA REDAÇÃO

O cantor, compositor e músico carioca Luiz Carlos dos Santos, o Luiz Melodia, morreu na cidade natal do Rio de Janeiro, aos 66 anos, em decorrência de complicações de um câncer que atacou a medula óssea.

Melodia morreu na madrugada do dia 4 de agosto passado, por volta das cinco horas da manhã.

O autor de Pérola Negra chegou a fazer um transplante de medula óssea e resistiu ao procedimento, mas não vinha respondendo bem à quimioterapia. Diagnosticado em julho de 2016, após sangramento no nariz ocorrido ao fim de um show na cidade de Jaú (SP), o câncer voltou recentemente – sem que Melodia tivesse conhecimento desse retorno – e o estado de saúde do cantor se agravou bastante. O artista não resistiu e foi a óbito. :: LEIA MAIS »

Estresse favorece o câncer

DA REDAÇÃO

Células atingidas pelo nervosismo podem emitir sinais que induzem a tumores, indica estudo

Pessoas que se irritam no trânsito, não param de pensar nos problemas do trabalho mesmo quando estão em casa e são capazes de se estressar com coisas simples como a demora do prato no restaurante têm um motivo a mais para tentar mudar. Pesquisadores americanos e chineses demonstraram cientificamente pela primeira vez que existe uma relação direta entre o câncer e o estresse.

O professor Tian Xu, da Escola de Medicina da Universidade de Connecticut (EUA), um dos autores da pesquisa, disse que estas “são más notícias”, porque “há uma grande variedade de condições que podem desencadear o estresse físico e emocional”.

Na pesquisa, publicada na revista “Nature”, os cientistas afirmam que as células atingidas pelo estresse emitem sinais que induzem à geração de tumores que afetam as células sadias vizinhas.

Os pesquisadores concentraram o trabalho na atividade de dois genes mutantes causadores de cânceres. Um deles é o RAS, que está relacionado a 30% dos casos da doença. O outro é um gene supressor que, quando se apresenta de maneira defeituosa, propicia o desenvolvimento do câncer. Nenhum gene RAS mutante e nenhuma versão mutante do gene supressor podem causar câncer sem a presença do outro, dizem os cientistas. :: LEIA MAIS »

“Estou com mioma, e agora?”

DA REDAÇÃO

Muitas mulheres se assustam quando recebem o diagnóstico de mioma no útero por acharem que se trata de um câncer. Mas não há razão para pânico: miomas não se transformam em tumores cancerígenos e não aumentam o risco de ter câncer de colo do útero, o que significa que não representam uma ameaça grave à saúde.

Mesmo assim, você deve dar atenção ao problema, pois pode ser necessário tratamento para evitar desconforto e complicações, como anemia.

Os miomas são bastante frequentes, principalmente em mulheres em idade reprodutiva. Muitas vezes não causam sintomas e acabam sendo descobertos acidentalmente pelo médico durante um exame de rotina. Mas, quando aparecem, os sintomas podem incluir:

Miomas uterinos são tumores não cancerosos do útero, que muitas vezes aparecem durante a idade fértil. Os miomas uterinos não estão associados a um risco aumentado de câncer de útero e quase nunca se transformam em câncer. Esse tumor benigno atinge cerca de 50% das mulheres na faixa etária dos 30 aos 50 anos. :: LEIA MAIS »

Saiba quais são os quatro hábitos evitáveis que fazem aumentar os casos de câncer em jovens

DA REDAÇÃO

Especialista do Centro Paulista de Oncologia (CPO) – Grupo Oncoclínicas alerta sobre comportamentos nocivos à saúde que têm levado ao aumento na taxa de tumores entre adultos nascidos nos anos 1990

São Paulo, 18 de abril de 2017 – Estimativas apontam que a cada ano são feitos 12 milhões de diagnósticos de câncer no mundo. Se considerarmos apenas o Brasil, de acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA), foram registrados em torno de 600 mil novos casos em 2016 – em 2015, eram 520 mil. Considerando total global, a Organização Mundial da Saúde (OMS) indica que uma grande parte dos casos estão relacionados ao nosso modo de vida. E mais: a entidade destaca a perigosa relação entre hábitos pouco saudáveis da nova geração e o aumento nos índices de tumores entre jovens com menos de 30 anos. :: LEIA MAIS »

Instituto do Câncer suspende novos testes da fosfoetanolamina devido a ‘ausência de benefício clínico significativo’

DA REDAÇÃO

59 pacientes foram avaliados e 58 não apresentaram resposta considerada objetiva pelos médicos.

O Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (Icesp) anunciou nesta sexta-feira (31) que decidiu suspender a inclusão de novos pacientes nos testes clínicos com a fosfoetanolamina, composto polêmico que ficou conhecido como “pílula do câncer”, devido à ausência de “benefício clínico significativo” nas pesquisas realizadas até o momento.

Ao todo, 72 pacientes, de 10 diferentes grupos de tumores, foram tratados até o momento nesse estudo da fosfoetanolamina. Destes, 59 tiveram suas reavaliações, e 58 não apresentaram resposta considerada objetiva pelos médicos. Apenas um paciente, que tem melanoma, apresentou uma resposta ao tratamento – uma redução de mais de 30% do tamanho das lesões tumorais. “Neste momento o estudo tem se revelado muito aquém em termos de taxa de resposta. Conversamos com a comissão que acompanha o estudo a pedido do professor Gilberto [Chierice]. :: LEIA MAIS »

Detalhe em foto ajuda pai a descobrir câncer do filho

DA REDAÇÃO

Graças a uma foto feita com seu smartphone, o inglês Owen Scrivens descobriu um tumor no olho de seu filho de apenas 1 ano

Owen Scrivens percebeu que havia algo de errado com seu filho após notar o brilho branco em seu olho direito nessa foto. (GoFundMe/Reprodução)

Um detalhe em uma foto feita por um smartphone ajudou o inglês Owen Scrivens a descobrir um tumor no olho de seu filho de apenas um ano e dois meses. Ao observar uma foto que fez do filho, Owen notou um reflexo branco no fundo do olho esquerdo da criança, que não estava lá antes, de acordo com informações do jornal britânico Metro News.

“Eu verifiquei algumas fotos antigas e é possível ver o momento em que isso mudou. Não havia nada de errado, mas depois que percebemos a cor dos olhos, ele começou a desenvolver um pouco de estrabismo”, contou Owen ao Metro News.

Fonte: Veja

Três coisas que você precisa saber sobre o câncer

DA REDAÇÃO

Especialistas do Centro Paulista de Oncologia comentam avanços e apresentam informações importantes relacionadas à doença

Queda de cabelo é evitável;

A crioterapia ou scalp cooling (em inglês) é uma técnica consiste no uso de uma touca gelada, que resfria o couro cabeludo, levando à contração dos vasos sanguíneos e, desta forma, cria uma espécie de capa protetora preservando os folículos capilares. “Não há números apurados sobre a eficácia do uso desta técnica no Brasil, considerando que ela foi aprovada pela Anvisa no início de 2015. Contudo, pesquisas realizadas em vários países da Europa, onde sua aplicação já vinha sendo feita ao longo dos últimos anos, mostram que a redução da taxa de alopecia variou de 49% até 100% em mais de 2 mil pacientes avaliadas. Isso significa que a queda de cabelos foi nula ou praticamente imperceptível em boa parte dos casos”, explica o Dr. Daniel Gimenes, oncologista do Centro Paulista de Oncologia (CPO), parte do Grupo Oncoclínicas. Pode ser aplicada também em pacientes diagnosticados com outros tipos de câncer, tendo o mesmo potencial de eficácia, mas há restrições. A contraindicação acontece para quem tem câncer hematológico (que afeta o sangue), como leucemia e linfoma. Pessoas que apresentam alergia no couro cabeludo também não devem fazer o tratamento. :: LEIA MAIS »

MTE reconhece os perigos do benzeno e baixa medidas rigorosas aos postos de combustíveis

DA REDAÇÃO

Entre as novas medidas: agora os postos de combustíveis é que ficarão responsáveis pela lavagem dos uniformes dos frentistas

O Ministério do Trabalho e Emprego – MTE divulgou a Portaria MTE Nº 1109 de 21/09/2016 em que finalmente reconhece os perigos do benzeno (um dos componentes dos combustíveis nocivos à saúde humana) e determina alguns procedimentos de segurança, que devem ser tomados pelos postos de combustíveis de Mato Grosso do Sul e de todo País. :: LEIA MAIS »

Sexo precoce aumenta risco de câncer do colo do útero, diz estudo

DA REDAÇÃO

Um estudo com 20 mil mulheres revelou uma associação entre a iniciação sexual precoce e índices mais elevados de câncer do colo do útero.

O objetivo da pesquisa era entender por que mulheres mais pobres correm maior risco de desenvolver esse tipo de câncer. Os especialistas constataram que essas mulheres tendem a iniciar sua vida sexual em média quatro anos antes do que mulheres de classes sociais mais elevadas.

Por conta disso, elas entrariam em contato mais cedo com o vírus que leva ao desenvolvimento do câncer do colo do útero, dando ao vírus mais tempo para produzir a longa cadeia de eventos que, anos mais tarde, levaria ao câncer.

Acreditava-se anteriormente que a disparidade era resultado de baixos índices de controle preventivo em regiões mais pobres. O estudo, feito pela International Agency for Research on Cancer, parte da Organização Mundial de Saúde (OMS), foi publicado na revista científica British Journal of Cancer.

Embora a diferença na incidência do câncer do colo do útero entre ricos e pobres – verificada em todo o mundo – tenha sido constatada há muitos anos, os cientistas não sabiam explicá-la. :: LEIA MAIS »

Tomar suplementos sem necessidade pode comprometer a saúde, dizem nutricionistas

DE O GLOBO

POR CLARISSA PAINS

Essenciais para a nossa vida, elas podem ser encontradas num delicioso morango ou numa crocante castanha. E também numa cápsula colorida. As vitaminas estão entre os principais nutrientes consumidos sob a forma de suplementos, mas especialistas alertam: a qualidade da absorção de vitaminas em cápsulas não se compara à obtida por meio dos alimentos in natura.

Para quem tem identificada a deficiência de algum nutriente ou barreiras para absorver a quantidade necessária por meio da alimentação, os comprimidos são um trunfo. Mas, sem necessidade, a suplementação tende a aumentar o risco de doenças cardiovasculares e cânceres. :: LEIA MAIS »

Estudo relaciona altura com maior risco de câncer

DO CORREIO DO ESTADO

Pesquisa sueca indicou que para cada 10 centímetros de altura, o risco de câncer sobe 18% em homens e 11% em mulheres. Um novo estudo sugere que o quanto mais alta é uma pessoa, maior o risco de ela desenvolver câncer de pele e mama, além de outros tumores. A pesquisa, do instituto sueco Karolinska, em Estocolmo, indica que para cada 10 centímetros de altura em um adulto, o risco do surgimento de um câncer é 18% maior em mulher e 11% em homens.

Pesquisas anteriores já haviam apontado para uma relação entre altura e risco de câncer, embora as causas para isso não estivessem claras.
A pesquisadora Emelie Benyi, que conduziu o estudo sueco, disse que os resultados podem ajudar a identificar fatores de risco e levar ao desenvolvimento de novos tratamentos. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia