WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
;
o blog artigos curiosidades dicas qualidade de vida fale conosco
julho 2021
D S T Q Q S S
« jul    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

:: ‘Anvisa’

Goiás vai exportar medicamentos para o mundo

do Goiás Agora

Começou ontem na Agência Nacional de Vigilância Sanitária – Anvisa, em Brasília, a reunião de Avaliação e Certificação do Sistema Nacional de Vigilância Sanitária no Contexto da Pré-Qualificação de Medicamentos da Organização Pan-Americana de Saúde – OMS/Opas. Presidente da Anvisa, Dirceu Raposo de Melo recebeu os inspetores da Opas, liderados por José Pena.

Dirceu enfatizou a importância da presença do governador Alcides Rodrigues na abertura dos trabalhos que vão durar toda a semana e que podem inserir o Brasil na lista dos países com inspeção sanitária acreditada para a produção e comercialização de medicamentos para todo o mundo.

A Vigilância Sanitária de Goiás foi escolhida para representar o Sistema Nacional e será vistoriada pelos inspetores da Opas amanhã, assim como um laboratório do polo farmoquímico de Anápolis que vai representar os fabricantes de medicamentos. O Laboratório Central de Minas Gerais também será visitado. Os trabalhos terminam na sexta-feira, dia 7, com o anúncio da missão sobre o resultado oficial da avaliação. :: LEIA MAIS »

Anvisa lança campanha informativa de combate à falsificação de medicamentos no Brasil

da TVNBR

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), está preocupada com a proliferação de medicamentos falsificados em todo o país. Situação é crítica e ameaça fugir ao controle das autoridades. 

Anvisa veta no Brasil implantes de silicone que se rompem com facilidade

da Anvisa

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu o comércio de próteses de silicone da marca Poly Implant Prothese (PIP) em todo o território nacional. Em comunicado divulgado nesta segunda-feira, a agência informa que a decisão foi tomada após um alerta Agência Francesa de Saúde, que detectou um aumento no número de casos de rompimento das próteses desse fabricante.

Segundo o aviso publicado pela Anvisa, quem usa esses dois produtos não precisa substituí-los imediatamente. “Não existem razões que justifiquem a remoção e substituição preventivas dessas próteses, a não ser que uma ruptura efetiva seja identificada.” :: LEIA MAIS »

Anvisa endurece regras para a venda de sibutramina

da Globo Videos

As farmácias vão começar a exigir a receita azul, aquelas para remédios de tarja preta, para vender a sibutramina. A Anvisa vai monitorar não só o consumo e também o comportamento dos médicos.

Anvisa fecha farmácias e apreende 30 toneladas de remédios sem registro no Espírito Santo

de O Globo

SÃO PAULO – Mais de 30 toneladas de matérias-primas e medicamentos sem registro foram apreendidos na última semana no Espírito Santo, na operação batizada de Erva Daninha. Quatro farmácias , um laboratório e uma distribuidora de medicamentos fechados e seis pessoas foram detidas.

A ação conjunta da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), da Vigilância Sanitária Estadual do Espírito Santo e da Polícia Civil do estado teve como objetivo coibir práticas irregulares no setor.

Em Vila Velha, a operação fechou o laboratório Lahas e o dono do estabelecimento foi preso. A empresa só tinha autorização de funcionamento para distribuir medicamentosm, mas fabricava mais de 30 tipos de medicamentos clandestinamente, entre eles o Elixir Paregórigo, a Pomada de Belladona e a Água Inglesa. :: LEIA MAIS »

Anvisa interdita novos medicamentos

da Anvisa

Atendendo a recomendação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a Diretoria de Vigilância Sanitária e Ambiental (Divisa), da Secretaria Estadual da Saúde (Sesab), informa à população que foi suspensa a fabricação, distribuição, comércio e uso, em todo o território nacional, de todos os produtos saneantes domissanitários, sujeitos ao regime de vigilância sanitária, fabricados pela Contra-Tipo Química Ltda., com sede em Nova Iguaçu, Rio de Janeiro. Os produtos não possuem registro/notificação na Anvisa.

A agência determinou também, como medida de interesse sanitário, a interdição cautelar, em todo o país, do lote 142989, com validade até novembro deste ano, do medicamento Dexalgen 5 mg, injetável, fabricado pela Eurofarma Laboratórios Ltda., com sede em Campo Belo, São Paulo. A interdição tem prazo de 90 dias, contados a partir de 17 de fevereiro. :: LEIA MAIS »

Laboratórios de medicamentos devem notificar reações adversas à Anvisa

da Agência Estado

Não cumprimento da lei pode acarretar em multas de até R$ 1,5 milhão

Entra em vigor nesta segunda-feira resolução que obriga os laboratórios farmacêuticos detentores de registro de medicamentos a notificar à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) todas as ocorrências relacionadas a reações adversas causadas pelo uso de remédios.

Em entrevista à Rádio Nacional, o diretor da Anvisa, Dirceu Barbano, contou que o objetivo da norma é fazer com que os laboratórios assumam a responsabilidade sobre qualquer informação que tenham sobre danos causados por medicamentos. :: LEIA MAIS »

Anvisa alerta sobre efeitos colaterais de remédio para emagrecimento

da Agência Brasil

Emagrecimento arriscado

Os efeitos colaterais do uso da sibutramina, principalmente no desenvolvimento de doenças cardiovasculares pre-existentes, são maiores do que os benefícios prometidos pelo medicamento.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária fez um alerta aos profissionais de saúde sobre o uso de sibutramina.

A substância, que está presente em medicamentos usados para auxiliar a perda de peso, deve passar por uma nova avaliação do órgão em fevereiro.

O órgão também deve promover debates sobre o tema. Um novo parecer técnico pode determinar medidas mais restritivas ao uso desses medicamentos. Enquanto isso, a Anvisa quer que farmacêuticos e médicos orientem a população quanto aos riscos e às reais necessidades de uso do medicamento. :: LEIA MAIS »

Justiça suspende uso de câmaras de bronzeamento

da Agência Estado

Uso das câmaras foi proibido pela resolução 56/09 da Anvisa.
Associação tenta reverter a proibição na Justiça.


O desembargador Elcio Pinheiro de Castro, presidente em exercício do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (RS, SC, PR), acolheu nesta sexta-feira (22) recurso da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e suspendeu o uso de câmaras de bronzeamento artificial. A decisão reverte tutela antecipada que tinha sido concedida à Associação Brasileira de Bronzeamento Artificial (ABBA) e liberava o uso dos equipamentos para fins estéticos.

O uso das câmaras foi proibido pela resolução 56/09 da Anvisa. A ABBA entrou com pedido, na Justiça Federal de Porto Alegre (RS), para liberar a atividade para seus associados, alegando que não havia evidências suficientes para considerar a exposição a raios ultravioletas carcinogênica. Em decisão do dia 8 de janeiro, a 4ª Vara Federal da capital concedeu liminar suspendendo o efeito da resolução da Anvisa até o julgamento final do processo. :: LEIA MAIS »

Cuidado! Produto altamente tóxico vira alisante de cabelos

de O Dia

Com o formol proibido por lei, alguns salões estão usando glutaral, substância 10 vezes mais forte, que esteriliza material hospitalar

por Pâmela Oliveira

Glutaral: alisa o cabelo e "detona" a saúde

Rio – A busca por cabelos lisos tem feito muitas mulheres arriscarem a saúde em salões de beleza. Um produto até 10 vezes mais tóxico do que o formol, chamado glutaral, vem sendo usado em salões no Rio, como noticiou ontem o Informe do DIA. A denúncia é do deputado Dionísio Lins (PP), autor da lei que proibiu a utilização do formol por cabeleireiros e clínicas de estética localizados no Rio.

Usada na desinfecção hospitalar, a substância é tão potente que é capaz de esterilizar instrumentos infectados pelo vírus HIV, pelo da hepatite B e pelo bacilo da tuberculose. Já a utilização como intensificador em alisamentos pode ser desastrosa.

Alguns dos efeitos imediatos são queimaduras no couro cabeludo, coceira, ardência ocular e até pneumonia química — queimadura no pulmão devido à inalação, que pode levar à morte. A longo prazo, pode causar câncer e alterações no sistema nervoso central. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia