WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
;
o blog artigos curiosidades dicas qualidade de vida fale conosco
outubro 2021
D S T Q Q S S
« jul    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

:: ‘Destaque1’

Proteste encontra traços de glúten em “macarrão sem glúten”

De 23 alimentos avaliados dentro da categoria glúten-free, apenas o penne da Fit Food foi reprovado. Entenda o teste e sua repercussão na saúde dos celíacos.

Não pretendemos demonizar o glúten. Mas, principalmente para pessoas com doença celíaca, ele de fato deve ser evitado – daí a importância de rótulos claros e confiáveis. Acontece que uma avaliação da Proteste – Associação de Consumidores encontrou essa proteína dentro da embalagem do macarrão penne, da marca Fit Food, que exibia inscrições como glúten-free. Antes de tudo, os responsáveis pelo teste selecionaram 23 alimentos de lojas de produtos naturais ou voltadas especificamente para mercadorias livres dessa substância na cidade de São Paulo. Eles pertenciam a diversas categorias, de macarrão a cerveja. Confira a lista completa:
:: LEIA MAIS »

Empresa chinesa vendia vacinas falsas contra pólio, tétano e difteria

Um novo escândalo sanitário está colocando a China em estado de alerta depois da descoberta de que um lote de vacinas falsas foi aplicado em bebês de menos de três meses. O presidente chinês, Xi Jinping, pediu nesta segunda-feira (23) sanções severas contra a companhia Changchun Changsheng.

A empresa teria vendido mais de 250 mil doses de vacina contra a difteria, o tétano e a poliomielite, também conhecida como paralisia infantil. O CFDA organismo chinês que autoriza a comercialização de alimentos e medicamentos, já havia anunciado a interrupção da produção de uma vacina contra a raiva produzida pela mesma empresa, depois de uma inspeção.
Leia também:

:: LEIA MAIS »

No inverno, a atenção deve ser redobrada quando se fala em saúde

Respiração e a pele são as áreas mais prejudicadas com a baixa umidade do ar, mas algumas orientações podem proteger mais do que o casaco nos dias frios.

Sabe aquele prazeroso banho quente no inverno? E quem nunca saiu fechando todas as janelas para se proteger dos ventos frios? São atitudes simples que tomamos para nos aquecer, mas que podem não ser nada saudáveis. Isso porque essa estação exige cuidados especiais para nossa saúde, principalmente para a pele e o campo respiratório, que ficam mais sensíveis neste tempo com as infecções que amam esse clima.

A seca que acompanha o inverno traz males que começam no maior órgão do corpo, como exemplifica Luciano Ferreira Morgado, especialista em dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia: “A pele fica propensa ao surgimento de áreas de irritação, chamadas de eczema. Também são frequentes a dermatite atópica – mais comum em crianças – e o desenvolvimento de infeções bacterianas, como a celulite, desencadeadas pelo ressecamento”, detalha. Mas com pequenas ações podemos nos prevenir e nos manter bem cuidados, explica Luciano. “Devemos evitar esses banhos muito quentes e demorados, o uso de buchas e de sabonetes abrasivos – que causam desgaste por raspagem -, pois ressecam a pele. Também é bom usar sabonetes ou géis de banho com ativos hidratantes, além de ingerir bastante água, sucos e alimentos com ativos ricos em antioxidantes, como as vitaminas C e E.”

:: LEIA MAIS »

Saúde mental dos estudantes deve ser observada, afirma psicólogo

O importante equilíbrio entre mente, corpo e estudos pode ser esquecido em época de preparação para vestibulares.

Os números podem assustar: 56% dos alunos brasileiros estão entre os que ficam mais estressados pela alta carga horária de estudos. Além disso, o país ocupa o segundo lugar no ranking de 180 países pesquisados, no quesito ansiedade. A pesquisa foi apresentada pelo Programa de Avaliação Internacional de Estudantes da Organização para Cooperação Desenvolvimento Econômico (OCDE). O pior desse cenário é que os transtornos continuam com a entrada dos jovens nas universidades.

De acordo com a pesquisa divulgada pela Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), 30% dos alunos das universidades federais do Brasil procuram atendimento psicológico e 10% fazem uso de medicamento psiquiátrico. Além disso, as tentativas de suicídio aumentaram, segundo a Lei de Acesso à informação.

:: LEIA MAIS »

Má informação também pode prejudicar a saúde física do idoso

Antes de indicar um exercício a um idoso, pergunte primeiro o que ele sente, diz especialista.

Quando a idade vem chegando, os idosos começam a sofrer com alguns problemas erroneamente considerados normais para a idade, como dores nas articulações, nos ossos e até mesmo no equilíbrio. Muitos desses problemas podem ser causados pela falta de atividade física ou pela atividade física exercida de forma incorreta. Ouça a entrevista:

O professor Carlos Roberto Bueno Júnior, da Escola de Educação Física e Esporte de Ribeirão Preto (EEFERP) da USP, explica que a prática de atividade física é muito importante, porque colabora para a perda de gordura no sangue, ajuda a diminuir os altos índices de açúcar, ajuda no emagrecimento, sem falar da importância para o desenvolvimento muscular. “A atividade física aplicada ao idoso deve ser muito bem analisada, principalmente pelo fato dessa população ter mais dores e apresentar certas limitações. Por isso, as atividades prescritas devem ser feitas, principalmente, analisando essas limitações”, diz o professor.

:: LEIA MAIS »

Futebol com efeito de remédio: Pesquisa aponta os principais benefícios deste esporte

Que a prática de atividade física faz bem para o corpo todo mundo sabe. Mas uma revisão científica feita por estudiosos dinamarqueses exalta particularidades muito bem-vindas do esporte preferido dos brasileiros.

De acordo com os novos achados, o futebol aprimora a capacidade cardiorrespiratória, os níveis de colesterol e pressão e a forma física dos praticantes amadores. “Observamos que a modalidade tem amplos efeitos no organismo, além de melhorar o bem-estar social, a imagem corporal, a autoconfiança e a qualidade de vida”, conta Peter Krustrup, professor de Ciências do Esporte e Saúde da Universidade do Sul da Dinamarca. Nos dados analisados pelo time de Krustrup, o aspecto competitivo do futebol foi deixado de lado — isso para evitar que o estresse e as jogadas mais agressivas resultassem em tensão e lesões.

:: LEIA MAIS »

Sabia que as pipocas fazem bem à saúde? Fazem e até fazem emagrecer…

Quando se fala em pipocas salta logo à ideia um daqueles balde XXL para comer até fartar durante um bom filme. Claro que os “puristas” vão dizer que “é bom para a alma, mas para o corpo é açúcar e gordura”.

Bom, perdoamos-lhes o mal que nos fazem pelo bem que sabem? Podemos ir um pouco mais longe e ler alguns estudos recentes que comprovaram que a pipoca pode fazer bem à saúde e, pasmem, até emagrecer. Já percebemos que a parte do ser bom e emagrecer está a palpitar no seu cérebro… mas calma, calma. Vamos falar num estudo que mostra haver prova científica de que a pipoca carrega antioxidantes e fibras, mas é preciso prestar atenção na forma como o alimento é preparado. Se é daquelas pessoas que gosta de estourar o petisco com manteiga ou colocar temperos prontos, cuidado, pois desta maneira aumentam os índices de colesterol, gordura e sódio. Ou seja, os benefícios evaporam junto com o calor. De acordo com a nutricionista Abby Langer, a pipoca para ser saudável deve ser preparada na panela e livre de ingredientes como o sal. Desta forma a ingestão da pipoca carrega consigo somente 30 calorias.

:: LEIA MAIS »

Morte súbita é a principal preocupação da epilepsia. Veja como prevenir

Episódios acontecem durante a noite, quando o indivíduo está dormindo. Mas algumas medidas básicas diminuem o risco.

A epilepsia é uma desordem neurológica marcada por uma desregulação no sistema elétrico do cérebro. Durante a crise, as células nervosas começam a se comportar de forma anormal e exagerada, o que leva à perda de consciência, movimentos involuntários dos músculos, náuseas e vômitos. Felizmente, as medicações disponíveis são capazes de manter a enfermidade sob controle em pelo menos dois terços dos casos. É vital obedecer as recomendações do médico e não abandonar o tratamento de jeito nenhum. Durante o Congresso Cérebro, Comportamento e Emoções, realizado na cidade gaúcha de Gramado, especialistas apresentaram estratégias para evitar a morte súbita, um dos maiores temores nessa doença.

:: LEIA MAIS »

Vídeo: Especialista dá dicas para cuidar da saúde dos olhos no São João

Todo o cuidado é pouco no período junino, principalmente com fogos de artifício e fogueiras durante as festas. Os prejuízos para a saúde são diversos, a começar pela asma e alergias causadas pela fumaça. Uma questão que muitas vezes não recebe a atenção necessária é a saúde dos olhos no período.

A dona de casa Valquíria da Conceição foi atingida nos olhos por um traque de massa, e agora, seu dia a dia está complicado. “Uma criança de três anos estourou o traque no meu olho. Doía muito, eu fiquei com medo de perder a minha visão”, explica. No momento do acidente, ela tentou manter a calma e agiu corretamente, lavando o olho com água corrente e indo ao médico. Ainda em recuperação, Valquíria continua a enxergar tudo embaçado.

:: LEIA MAIS »

Ministério da Saúde prorroga vacinação contra a Gripe em todo país

Devido baixa cobertura do grupo de risco, o Ministério da Saúde do Brasil decidiu prorrogar a vacinação contra gripe. Segundo o órgão, a pouca adesão acendeu um sinal de alerta.

O Ministério da Saúde decidiu prorrogar até dia 22 a vacinação contra a gripe no país. Até o momento houve baixa adesão por parte do grupo de risco. Segundo o Ministério, no último levantamento foram detectados 11,8 milhões de pessoas que ainda não foram vacinadas. O número ainda é baixo se comparado a meta de 90% da população imunizada. No Maranhão mais de 1 milhão de pessoas foram imunizadas A preocupação é com a chegada do inverno, período ideal de transmissão da gripe. Até 9 de junho foram registrados 2715 casos de influenza no Brasil. Desse total, pouco mais da metade é devido a H1N1, com 284 óbitos confirmados. Esses números mostram um aumento em relação ao mesmo período de 2016.

:: LEIA MAIS »

Sexo faz bem a saúde: emagrece, alivia dores e melhora aparência do rosto

Para aproveitar os benefícios da relação sexual é preciso criar intimidade com o parceiro.

Para esquentar o dia dos namorados, nada melhor do que ir pra debaixo dos lençóis com seu par. O sexo faz bem — e muito — para a saúde, tanto que a Organização Mundial da Saúde o considera como um dos pilares da qualidade de vida. Para aproveitar os benefícios da relação sexual é preciso criar intimidade com o parceiro.

— Uma relação sexual com intimidade promove uma boa saúde. O sexo é uma necessidade biológica, assim como comer e dormir — afirma Selena Rocha, sexóloga e professora de psicologia do Centro Universitário Celso Lisboa. Junto com o sexo, é preciso que o amor e o respeito também deitem na cama. A relação deve ser desejo dos dois, nunca uma imposição de um dos lados. A sintonia do casal vai afinando de acordo com o tempo investido em comunicação.

:: LEIA MAIS »

Modelo Renata Banhara desabafa: “Nenhum plano de saúde me aceita”

Modelo precisa passar por operação para resolver a falta de oxigenação no lado esquerdo da cabeça.

Sem convênio médico desde o divórcio, no meio do tratamento de recuperação devido a encefalite, Renata postou quatro vídeos em seu Instagram esta sexta-feira (8), desabafando que não consegue ingressar em outro, devido ao fato de ela já apresentar uma condição médica preexistente ao entrar com o pedido. Atualmente, a modelo precisa passar por uma nova cirurgia para resolver a falta de oxigenação no lado esquerdo da cabeça. Ela relata em um dos vídeos a enorme dor que ela apresenta na região, que precisa ser controlada com remédios e calmantes. “Eu preciso dos calmantes, pois uma pessoa não aguenta sentir uma dor assim”, relata.

:: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia