WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
;
o blog artigos curiosidades dicas qualidade de vida fale conosco
julho 2018
D S T Q Q S S
« jun    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

:: 7/jul/2018 . 15:32

Saúde mental dos estudantes deve ser observada, afirma psicólogo

O importante equilíbrio entre mente, corpo e estudos pode ser esquecido em época de preparação para vestibulares.

Os números podem assustar: 56% dos alunos brasileiros estão entre os que ficam mais estressados pela alta carga horária de estudos. Além disso, o país ocupa o segundo lugar no ranking de 180 países pesquisados, no quesito ansiedade. A pesquisa foi apresentada pelo Programa de Avaliação Internacional de Estudantes da Organização para Cooperação Desenvolvimento Econômico (OCDE). O pior desse cenário é que os transtornos continuam com a entrada dos jovens nas universidades.

De acordo com a pesquisa divulgada pela Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), 30% dos alunos das universidades federais do Brasil procuram atendimento psicológico e 10% fazem uso de medicamento psiquiátrico. Além disso, as tentativas de suicídio aumentaram, segundo a Lei de Acesso à informação.

:: LEIA MAIS »

Problemas de pele: o tempo nem sempre cicatriza

Algumas lesões que afetam a pele e outros tecidos são chamadas de feridas complexas. Conhecê-las é essencial para evitar prejuízos na qualidade de vida.

Um velho ditado popular diz que o tempo cura tudo. Talvez isso seja verdade para as “feridas do coração”, mas não para algumas feridas do corpo. Há um grupo de lesões que afetam a pele e outros tecidos mais profundos que nós, profissionais de saúde, chamamos de feridas complexas. A falta de tratamento adequado em razão do desconhecimento sobre esse problema pode provocar meses ou até anos de sofrimento. Infelizmente, essa é uma situação frequente entre milhares de brasileiros.

As feridas complexas têm origens diversas. As lesões nos pés do diabético são uma complicação comum que atinge cerca de 280 mil brasileiros com a doença por ano. O tratamento tardio dessas lesões pode ocasionar até 70% das amputações de membros inferiores por causas não traumáticas no país. Outra ferida crônica debilitante é a úlcera por pressão, também conhecida como escara. Ela aparece sobretudo em pessoas acamadas e é o terceiro tipo de ocorrência mais notificado pelos Núcleos de Segurança do Paciente dos hospitais brasileiros.

:: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia