WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
;
o blog artigos curiosidades dicas qualidade de vida fale conosco
maio 2018
D S T Q Q S S
« jan   jun »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

:: maio/2018

Dinheiro: Este é o maior motivador para largar o vício do tabaco, garante estudo

O dinheiro é rei e imperador entre os motivos que levam os fumadores a abandonar de vez o hábito do tabaco, sugere uma nova pesquisa norte-americana. “A melhor forma para incentivar alguém a deixar de fumar é oferecer-lhe dinheiro”, afirmou Scott Halpern, médico e professor na Universidade da Pensilvânia e coordenador daquele estudo, em declarações à publicação CBS News. A experiência científica, publicada no periódico The New England Journal of Medicine, observou 6,006 fumadores em 54 empresas, nos Estados Unidos.

Entre eles, os investigadores classificaram 1,191 deles como “dispostos a desistirem”, aos quais foram facultadas diferentes ferramentas para os ajudar na ‘batalha’. Um dos grupos recebeu literatura acerca dos benefícios de abandonarem o vicio, juntamente com encorajamento positivo – menos de 1% foi bem sucedido e deixou de fumar durante um período de seis meses. Um outro grupo recebeu ajuda em forma de pastilhas e adesivos, neste caso 2,9% largaram o vício. Já um terceiro grupo, recebeu cigarros eletrónicos (que vaporizam nicotina), num sabor à sua escolha, apenas 4,8% abandonaram os cigarros. Entretanto, dois outros grupos receberam um bónus extra: dinheiro.

:: LEIA MAIS »

Inteligência artificial vence dermatologistas no diagnóstico de câncer de pele

Cientistas utilizaram 100 mil imagens de melanomas – o tipo mais agressivo de câncer de pele – para “treinar” uma rede neural convolucional (CNN, na sigla em inglês) a distinguir os tumores malignos e benignos.

A máquina é mais eficiente que os humanos na hora de descobrir se um paciente tem câncer de pele, de acordo com um novo estudo. A pesquisa, realizada por um grupo internacional de cientistas, comparou diagnósticos de câncer de pele feitos por dermatologistas experientes a diagnósticos que foram obtidos por um método de inteligência artificial – e concluiu que os médicos foram menos eficientes. Em um dos testes, os médicos detectaram com precisão 86,6% dos melanomas e o sistema de inteligência artificial conseguiu acertar 95% dos casos.

O novo estudo, publicado nesta segunda-feira (28) na revista científica Annals of Oncology, foi liderado por Holger Haenssler, professor do departamento de Dermatologia da Universidade de Heidelberg (Alemanha) e também teve participação de cientistas da França e dos Estados Unidos. Os cientistas utilizaram 100 mil imagens de melanomas – o tipo mais agressivo de câncer de pele – para “treinar” uma rede neural convolucional (CNN, na sigla em inglês) a distinguir os tumores malignos e benignos. As redes neurais são modelos computacionais inspirados no funcionamento do sistema nervoso central. A CNN é um tipo de rede neural bastante utilizada no processamento e análise de imagens digitais – ela é capaz de aprender com rapidez a partir de imagens e melhorar seu desempenho a partir desse aprendizado.

:: LEIA MAIS »

Não adianta cortar o jantar, comer a noite é fundamental para manter a saúde

Alguns nutricionistas indicam até mesmo uma pequena ceia antes de ir para cama, mas atenção: a escolha dos alimentos influencia muito a saúde.

Basta digitar no Google “comer à noite” que já o buscador sugere, automaticamente, a continuação da pergunta: “engorda?” Esta, aliás, é uma das grandes questões sobre nutrição e sempre volta à tona. Mas será que para perder peso é preciso mesmo eliminar o jantar? Ou cortar carboidratos desta refeição?

“É um mito dizer que comer à noite engorda. O ganho de peso depende de uma série de fatores e entre eles o horário em que a pessoa come é o menor. Se ela se alimenta bem durante todo o dia, não vai ser o jantar responsável por ela engordar”, afirma a nutricionista Naiara Belmont, que atua com foco em comportamento alimentar. Para ela, a refeição da noite só é capaz de engordar quando for consequência de uma alimentação desequilibrada. “O que ocorre atualmente é que, pelo estilo de vida que as pessoas levam, muitos não têm dado a devida atenção à alimentação ao longo do dia.

:: LEIA MAIS »

‘Cuida do cabelo, mas da cabeça também’, incentiva Marília Mendonça sobre saúde mental

Cantora publicou mensagem valorizando a importância de cuidar ‘da alma’.

A cantora Marília Mendonça utilizou sua conta no Instagram para compartilhar uma mensagem pedindo às suas fãs que fiquem atentas à sua saúde mental. “Se for pro seu bem, cuida do seu cabelo, mas cuida da sua cabeça também. Cuida da saúde, mas cuida da saúde mental, também. Se quiser cuidar do corpo, cuida… Mas cuida da sua alma também. Nessa sua foto bonita com milhões de curtidas não dá pra ver seu coração”, escreveu a sertaneja.

Marília ainda citou o estímulo que um possível relacionamento pode ter na vida de algumas pessoas: “Um dia alguém vai se aproximar e vai querer conversar, vai querer uma casa limpa pra morar, vai querer confiar, vai querer amor… E depois de cinco minutos, sua beleza exterior não vai influenciar para que fiquem, você vai ter que ter algo a mais.”

Manter uma rotina pode melhorar saúde mental

Um novo estudo, feito no Reino Unido, analisou o ciclo circadiano de mais de 90 mil pessoas.

O mundo enfrenta um crescimento de doenças relacionadas à mente, como depressão e ansiedade. No entanto, um novo estudo, publicado na revista The Lancet Psychiatry, sugere que manter uma rotina diária pode ter grandes benefícios para a saúde mental.

Isso porque, ao manter uma rotina, o seu ciclo circadiano – uma espécie de relógio interno que controla as funções biológicas – funciona de forma mais saudável, com o seu corpo sabendo o momento certo de realizar cada afazer. O ciclo circadiano, também conhecido como ritmo circadiano, é controlado pelo hipotálamo, que ajuda a regular uma série de funções comportamentais e fisiológicas. O estudo observou mais de 91 mil adultos no Reino Unido, com idades entre 37 e 73 anos, por um período de sete dias, entre os anos de 2013 e 2014. Além disso, para medir o humor e o funcionamento cognitivo, os participantes da pesquisa preencheram um questionário online, entre os anos de 2016 e 2017.

:: LEIA MAIS »

Vinho e Dente: 13 dicas para a saúde dos dentes dos enófilos

Eu já aprendi a não sorrir para fotos em eventos de degustação. Passo por antipático mas não mostro os dentes de cor azul-malbec, estilo conde Drácula.

O cuidado com os dentes é uma preocupação constante dos profissionais do vinho e de enófilos em geral. Os dois problemas com os quais temos que lidar são a pigmentação causada pelos tintos e a erosão do esmalte, causada pela acidez dos brancos e espumantes.

O escurecimento dos dentes causado pelos tintos é o calo óbvio, mas a erosão que vem com os brancos é tão grave quanto, e pode causar sensibilidade no dente (quente/frio). Além disso com o tempo os dentes ficam amarelados e mais propensos a fissuras e cáries. É bom lembrar que refrigerantes e sucos de frutas cítricas causam erosão ainda maior.

Vejamos então 13 dicas práticas que vão ajudar a saúde dos dentes do enófilos:

1- Escove os dentes ANTES (e não depois) de uma degustação, removendo a placa bacteriana. Esta ação retardará a ação dos ácidos e da pigmentação na superfície de esmalte.

2- Não escove os dentes logo após a degustação, pois o esmalte estará mais vulnerável e suscetível à erosão. Espero ao menos uma hora.

:: LEIA MAIS »

Estudo apresenta relação entre tireoide e tendências suicidas

Pacientes psiquiátricos com pensamentos suicidas analisados possuíam níveis altamente reduzidos do hormônio T3, produzido pela glândula.

Tendências suicidas podem estar ligadas a uma desordem na tireoide, de acordo com estudo divulgado na revista Archives of Clinical Psychiatry, do Departamento de Psiquiatria da Faculdade de Medicina da USP. A pesquisa, realizada no Instituto de Saúde Mental de Punjab e no Centro de Medicina Nuclear do Mayo Hospital em Lahore, ambos no Paquistão, comparou pacientes com pensamentos suicidas e pacientes sem esses pensamentos e concluiu que, aqueles que haviam tentado ou pensado em suicídio apresentavam problemas na glândula.

Foram analisados 54 pacientes psiquiátricos com pensamentos suicidas, sendo 21 mulheres e 33 homens, e 50 pacientes psiquiátricos sem histórico de pensamentos ou tentativas suicidas, sendo 22 mulheres e 28 homens, ambos os grupos com idade entre 15 e 55 anos. Grávidas, cardíacos e pessoas que fazem tratamento de tireoide ou foram submetidas à cirurgia da glândula foram excluídas do teste.

:: LEIA MAIS »

Musculação pode ser uma arma no combate à depressão

Estudo revela que esse tipo de exercício físico ameniza sintomas depressivos.

Digamos que o ditado “mente sã, corpo são” também poderia ser lido de trás pra frente, segundo um artigo publicado no periódico JAMA Psychiatry. No estudo, foi demonstrado que exercícios físicos resistidos, além de benéficos para o corpo, ajudam a aliviar os sintomas da depressão – “corpo são, mente sã”.

Os cientistas da Universidade de Limerick, na Irlanda, queriam descobrir se havia alguma associação entre esse tipo de treinamento – representado pela boa e velha musculação – e os sintomas depressivos. Para isso, reuniram dados de 33 pesquisas clínicas, com quase 2 mil participantes. A partir daí, eles observaram uma redução de 44% nos indícios da doença entre a turma que puxava ferro. De acordo com a revista Time Health, os autores do trabalho compararam esse efeito ao de remédios antidepressivos ou terapias comportamentais.

:: LEIA MAIS »

Cuidados com a saúde no outono

Tempo seco e estável segue predominando sobre o Estado paulista em razão da presença de uma área de alta pressão atmosférica

O outono começou no dia 20 de março e vai até o dia 21 de junho. No entanto, características de verão predominaram no primeiro mês da estação, com calor e umidade no ar elevada sobre o Brasil, segundo a Climatempo.

De acordo com o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), o tempo seco e estável segue predominando sobre o Estado paulista em razão da presença de uma área de alta pressão atmosférica que dificulta a formação de nuvens de chuva e impede a passagem livre das frentes frias pela região. Esse cenário sem chuva influencia a formação de queimadas e incêndios florestais, bem como prejudica a qualidade do ar. O presidente da Rino e membro da Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico Facial (ABORL-CCF), Márcio Nakanishi, ressalta que a umidade do ar fica muito baixa no outono, o que aumenta a concentração de poluentes nas grandes cidades.

:: LEIA MAIS »

Suco de cranberry previne infecção urinária? Não há provas, diz órgão de saúde

Serviço britânico recomenda a pacientes que ingiram muita água e façam acompanhamento médico; benefícios da frutinha vermelha ainda são alvo de debate na ciência.

Não há provas de que beber suco de cranberry ajude a prevenir ou tratar infecção urinária, segundo diretrizes recém-publicadas pelo Instituto Nacional de Saúde e Excelência em Cuidados (Nice, na sigla em inglês), braço do Departamento de Saúde do governo britânico cujas orientações são usadas para orientar médicos e profissionais da saúde do país.

Apesar de haver uma crença antiga e consolidada no poder antibacteriano da fruta vermelha (também chamada de oxicoco no Brasil), o órgão diz que as evidências são insuficientes.

Em vez disso, o Nice sugere que pacientes com infecção urinária bebam bastante água e se tratem com analgésicos. Eventualmente, pode ser necessário tomar antibióticos, mas só se houver recomendação médica e se os sintomas não diminuírem em 48 horas (ou se piorarem rápida e significamente em qualquer momento).

:: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia