WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
;
o blog artigos curiosidades dicas qualidade de vida fale conosco
fevereiro 2017
D S T Q Q S S
« jan   mar »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728  

:: 28/fev/2017 . 20:27

Cuidado com o consumo de bebidas isotônicas

DA REDAÇÃO

POR MICHELLE ACHKAR

Quando sentimos sede já estamos em processo de hipohidratação. E a perda de líquidos pode chegar a 2% do peso corporal. Por isso, não podemos esperar a manifestação da sede para nos hidratarmos.

O alerta é ainda mais importante para quem pretende passar o dia sob o sol, se movimentando ou praticando exercícios físicos, que podem provocar a perda de um a dois litros de água por hora.

A solução para manter o corpo hidratado é o consumo de água de maneira constante durante o dia. Não vale apelar para as bebidas isotônicas pensando em prevenir-se de uma maior perda de líquidos.

Estudos recentes apontam que o alto consumo de bebidas energéticas acabam sobrecarregando os rins pela quantidade de eletrólitos (sais minerais) sem necessidade! Para quem não tem o hábito de beber água, carregue sempre uma garrafinha consigo, não só quando for praticar exercícios físicos, mas também nas atividades do dia a dia. Ao olhar para a sua garrafinha, você automaticamente irá lembrar que tem de tomar água. Os principais sais minerais eliminados com o suor são o sódio e o cloro.

Quem for praticar exercícios, segundo a American College Of Sports Medicine, deve começar a hidratação duas horas antes da atividade, com cerca de 500ml de água, e beber pequenas quantidades a cada 20 minutos. Se a duração do exercício for superior a uma hora, é importante parar e ingerir entre 600 ml e 1,2 litro de água.

Apenas 20% dos brasileiros consomem frutas, legumes e verduras suficientes

DA REDAÇÃO

O consumo de frutas, legumes e verduras está associado com a redução de ocorrências de diversas doenças, como diabetes, derrames, doenças cardiovasculares e alguns tipos de câncer.

Mas apenas 20,9% da população relata o consumo regular desses alimentos. A conclusão é de um estudo feito por pesquisadores da Universidade Federal de Pelotas e publicado em artigo na revista Cadernos de Saúde Pública, da Fiocruz.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda um consumo mínimo de cinco porções diárias de frutas, legumes e verduras, o equivalente a 400 gramas ou mais por dia. Os pesquisadores apontam uma insuficiência no consumo desses alimentos na dieta dos brasileiros em todos os segmentos populacionais. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia