WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
;
o blog artigos curiosidades dicas qualidade de vida fale conosco
janeiro 2012
D S T Q Q S S
« dez   fev »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

:: 4/jan/2012 . 7:48

Treino de força reduz pressão arterial em hipertensos

DA AGÊNCIA USP DE NOTÍCIAS

Musculação apresenta efeito benéfico no controle da pressão arterial em hipertensos

Portadores de hipertensão que realizaram treinamento de força (musculação) conseguiram reduzir a pressão arterial a níveis semelhantes aos obtidos por meio de medicamentos, revela pesquisa com a participação da Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH) da USP. O estudo comprova que o treino de força é seguro para os hipertensos, desde que com acompanhamento médico e de profissionais de atividade física. O trabalho também mostrou que a redução da pressão permanece por até quatro semanas após a interrupção do treinamento.

A pesquisa com hipertensos faz parte da pesquisa de Doutorado em Biofísica de Newton Rocha Moraes, realizado na Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), orientada pelo professor Ronaldo Carvalho e co-orientada por Reury Bacurau, professor do curso de Ciências da Atividade Física da EACH. “Na literatura científica há vários estudos que mostram o efeito positivo do exercício aeróbio, como corridas e natação, no controle da pressão”, diz Bacurau, “mas o benefício da musculação era pouco conhecido”. :: LEIA MAIS »

Ministério vai investir R$ 10 milhões para combater obesidade

DO NOTÍCIAS BR

O Ministério da Saúde infirmou nesta segunda-feira (2) que irá destinar mais de R$ 10 milhões para realizar o controle a prevenção da obesidade. O dinheiro será destinado para a aquisição de equipamentos que deverão ser distribuídos em diversas unidades de atendimento da saúde e também a construção de academias populares. Também deverão ser compradas balanças pediátricas para combater a obesidade infantil.

“Nós teremos dois tipos de equipamentos um é academia da saúde que e o Ministério da Saúde passa o recurso para que se monte o equipamento de atividade física próxima da unidade de saúde. Além na Unidade Básica de Saúde perto da onde a pessoa vive nós acabamos de contratar mais dez milhões de reais em equipamentos que são balanças, equipamentos como fita métricas, equipamentos que servem para fazer orientação nutricional e fazer avaliação física das pessoas. Esses equipamentos da unidade de saúde junto com a academia da saúde são fundamentais porque atividade física tem que ser orientada por profissionais de saúde”, infirmou o ministro da Saúde, Alexandre Padilha. :: LEIA MAIS »

ANS amplia cobertura mínima de planos de saúde; confira mudanças

DO TERRA

Desde 1º de janeiro, os planos privados de assistência médica devem garantir 69 novos procedimentos obrigatórios a seus segurados, segundo resolução publicada pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) em agosto de 2011.

Confira a lista de novos procedimentos obrigatórios

As operadoras tiveram cerca de cinco meses para se adaptar ao novo Rol de Procedimentos e Eventos de Saúde – lista dos procedimentos que devem ser obrigatoriamente oferecidos pelas empresas. Confira a seguir as principais mudanças:

Exames e cirurgias

Segundo a ANS, as principais mudanças são a inclusão de 41 novos tipos de cirurgias por vídeo, novos exames como de DNA (genes EGFR, K-RAS e HER-2) e exame para diagnóstico de câncer de mama. Além dessas inclusões, também foi ampliado o número máximo de consultas para nutricionistas, inclusão de tratamento tipo terapia imunobiológica (para reumatoide, artite, doença de cronh e espodilite) e novos tratamentos como implante de anel intraestomal, tratamento ocular quimioterápico e atiotomagrafia coronariana. :: LEIA MAIS »

Malária chegou à América do Sul com navios negreiros, diz estudo

DA BBC BRASIL

Mapa desenvolvido durante a pesquisa mostra a disseminação da doença

Pesquisa aponta evidências científicas sobre a chegada da malária ao continente

A disseminação da doença, que afeta meio bilhão de pessoas em todo mundo a cada ano, era objeto de debate entre os pesquisadores.

A propagação da doença nas Américas por meio dos escravos africanos ou dos colonizadores europeus já era uma possibilidade aventada. Até agora, no entanto, hão havia evidências científicas sobre a chegada da malária ao continente.

A descoberta feita pela equipe do professor Francisco Ayala, que colheu amostras de sangue humano infectado em 24 regiões afetadas, na África, no Oriente Médio, no Sudeste Asiático e na América do Sul.

Os detalhes do estudo estão na publicação Proceedings of the National Academy of Science (PNAS).

Diferença genética
Até o momento, são conhecidas cinco espécies de parasitas causadores da doença. O mais letal e presente na maioria das regiões afetadas é o Plasmodium falciparum.

Incidência de parada cardíaca súbita é maior em distritos mais pobres

DA UNIVERSIDADE DE TORONTO-CANADÁ

É sabido que o baixo nível socioeconômico é associado a pior saúde cardiovascular. Pesquisadores da Universidade de Toronto avaliaram a associação entre o nível socioeconômico e a incidência de parada cardíaca súbita, uma condição que responde por uma proporção substancial de mortes cardiovasculares. 9.235 paradas cardíacas súbitas foram incluídas na análise.

Em todas as cidades pesquisadas, a incidência de morte súbita cardíaca entre os indivíduos de nível socioeconômico mais baixo foi quase o dobro que grupo mais alto. Essa disparidade foi maior entre pessoas com menos de 65 anos do que entre aquelas com 65 ou mais. Após o ajuste para local de estudo e para a estrutura da população em cada setor censitário, a disparidade entre os quartis socioeconômico para todas as idades combinadas foi maior nos Estados Unidos do que no Canadá.

Chegou-se à conclusão que a incidência de parada cardíaca súbita domiciliar foi maior nos bairros mais pobres dos EUA e Canadá, embora a associação tenha sido atenuada no Canadá. A disparidade entre os quartissocioeconômicos foi maior entre pessoas com menos de 65 anos.

Derrames silenciosos estão ligados à perda de memória

DA AGÊNCIA UPI

Um em cada quatro idosos com perda de memória sofreu um acidente vascular cerebral (AVC) considerado silencioso. Esse ocorre quando uma pequena quantidade de células cerebrais morre.

O estudo, desenvolvido na Universidade de Columbia, nos Estados Unidos, envolveu um grupo de 658 pessoas com idade mínima de 65 anos e livre de demências, que foram submetidos a exames de ressonância magnética cerebral. Esses ainda realizaram testes que mediam sua memória, linguagem, velocidade de processamento de informação e percepção visual. Ao final, concluiu-se que 174 dos participantes já haviam sofrido derrames silenciosos.

Publicado na edição de janeiro de 2012 da revista especializada Neurology, o estudo mostrou que pessoas com derrames silenciosos tiveram menor pontuação em testes de memória do que aqueles que não apresentaram o problema.

“Dado que as condições como a doença de Alzheimer são definidos principalmente por problemas de memória, os nossos resultados podem levar a uma visão mais aprofundada sobre o que causa os sintomas, além de possibilitar o desenvolvimento de novas intervenções para a prevenção”, diz Adam M. Brickman, coordenador do estudo.

Crianças menores de 2 anos de idade não deveriam assistir televisão

DA ACADEMIA AMERICANA DE PEDIATRIA

Em 1999, a Academia Americana de Pediatria (AAP) publicou uma declaração de políticas acerca da exposição à mídia televisiva em crianças. A finalidade dessa declaração era educar os pais sobre os efeitos que a mídia pode ter sobre as crianças.

Em uma parte dessa declaração, a AAP recomendou que “os pediatras devem incentivar os pais a evitar a exibição de televisão para crianças menores de dois anos.”

A AAP acreditava que havia muito maior potencial de efeitos negativos da mídia do que efeitos positivos para essa faixa etária e, portanto, aconselhou as famílias a considerar cuidadosamente evitar a exposição decrianças. Esta declaração reafirma a declaração de 1999 com relação à exposição à mídia em lactentes e crianças menores de 2 anos e fornece resultados de pesquisa atualizados para apoiá-lo.

Exposição à fumaça do tabaco tem consequências significativas para as crianças e famílias

DA REVISTA PEDIATRICS

A exposição involuntária à fumaça de tabaco causa substancial morbidade em crianças. Pesquisadores do Tobacco Research and Treatment Center testaram se crianças expostas à fumaça do tabaco em casa têm maior absenteísmo escolar.

Foram analisados dados sobre saúde e absenteísmo em escolares de 6 a 11 anos. As crianças que vivem com 1 ou = 2 adultos que fumavam em casa tiveram 1,06 e 1,54 mais dias de absenteísmo escolar por ano, respectivamente , do que crianças que vivem com nenhum fumante em casa. Viver com = 2 adultos que fumavam em casa foi associado com um aumento de notificações de ter 3 ou mais infecções de ouvido nos últimos 12 meses e resfriado nas 2 semanas antes da entrevista, mas não com ter vômito / diarreia nas últimas duas semanas

Chegou-se à conclusão que a exposição à fumaça do tabaco tem consequências significativas para as crianças e famílias e além da morbidade infantil, inclui desvantagem acadêmica e encargos financeiros.

O novo estudo foi publicado na revista Pediatrics.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia