O que fazer em caso de cãibras e dores musculares?

DA REDAÇÃO DO ACESSEMED.COM.BR

por Aloísio Alan*

Quem acompanha futebol já pode testemunhar episódios de cãibra nos jogadores. É uma ocorrência muito comum dentro da medicina esportiva. Em seres humanos, frequentemente é observado este espasmo muscular localizado.

O mecanismo deste fenômeno não foi satisfatoriamente elucidado nem mesmo em animais experimentais, mas sabe-se que estímulos dolorosos entrando na medula espinhal (que controla as funções sensitiva e motora) podem causar espasmo reflexo de músculos localizados.

Vejamos agora alguns tópicos sobre este tipo de espasmo muscular, a cãibra.

O que é a cãibra?

A cãibra é uma contração espasmódica (espasmo muscular que acontece involuntariamente) dos músculos. É uma contração súbita, de curta duração e, geralmente, dolorosa de um músculo ou de um grupo muscular. As cãibras são comuns nos indivíduos saudáveis, especialmente após um exercício extenuante.

Possíveis causas da cãibra

Alguns autores definem a cãibra como sendo uma contração involuntária do músculo, geralmente causada pela falta de alongamento e/ou de água e de potássio. Porém sabe-se que qualquer fator irritativo local, ou anormalidade metabólica de um músculo – como o frio intenso, a falta de fluxo sanguíneo no músculo ou a exercício excessivo do mesmo – pode provocar dor ou outros tipos de impulsos sensoriais que são transmitidos do músculo para a medula espinhal, causando assim contração reflexa do músculo.

A literatura aponta várias causas para o surgimento da cãibra, porém não há nada comprovado cientificamente. Entretanto o principal fator parece ser o cansaço muscular (fadiga) em indivíduos mal preparados fisicamente e que se submetem a esforço físico exagerado. Outro fator é o calor associado à sudorese abundante com perda de cloreto de sódio (encontrado no sal de cozinha). As cãibras podem ser causadas por uma circulação inadequada aos músculos, gerando assim uma isquemia local (falta de suprimento de sangue para um determinado grupo muscular).
As causas mais comuns são a perda de água e sal no organismo através de suor excessivo, conhecido como induzidas pelo calor. Diminuição de cálcio no sangue determinada por diversas doenças, entre as quais, distúrbios das glândulas supra-renais, fadiga muscular, posições incômodas de pernas e braços.

Comumente, as cãibras são inofensivas e não exigem tratamento. Porém, se a câimbra aparece esporadicamente durante exercícios muito intensos, provavelmente trata-se da chamada “cãibra do esportista”, que pode ser causada por excesso de ácido láctico (ainda contraditório), ou fadiga aguda das fibras musculares. Mas as câimbras muito freqüentes merecem uma cuidadosa investigação médica. Elas podem ser de origem vascular (por uma isquemia local), neuromuscular (por uma miopatia alcoólica) ou de origem metabólica (intoxicação por cafeína, hipoglicemias, intoxicação por colchicina, etc).

As razões pelas quais sentimos cãibras ainda não são muito claras para a medicina. Sabe-se, porém, que elas estão relacionadas com a diminuição, em nosso organismo, dos níveis de minerais como cálcio e magnésio. Por isso, doenças do sistema motor ou infecciosas, como o tétano — que fazem o doente suar intensamente, a ponto de provocar a desidratação, isto é, a perda de grande quantidade de minerais através do suor, costumam provocar câimbras. As cãibras ocorrem, geralmente, durante a noite, após um dia de intensa atividade física. Mas elas podem acontecer também durante o dia, no meio de uma atividade física ou em momentos de relaxamento.

Apesar de existirem muitas causas para cãibras musculares, grandes perdas de sódio e líquidos costumam ser fatores essenciais que predispõem atletas a cãibras musculares. O sódio é um mineral importante na iniciação dos sinais dos nervos e ações que levam ao movimento nos músculos. Por isso, um déficit desse elemento e de líquidos pode tornar os músculos sensíveis. Sob tais condições, uma leve tensão e um movimento subseqüente podem fazer o músculo se contrair e se contorcer incontrolavelmente.

Prevenção

Como prevenção, procure sempre se alongar antes de começar qualquer exercício, hidratar-se e ingerir alimentos ricos em potássio, como banana e tomate. Procure alimentar-se com muitas frutas e legumes que contêm minerais.

Normalmente, as cãibras podem ser prevenidas evitando a realização de exercícios após uma refeição (para não gerar isquemia) e realizando alongamento antes do exercício e antes de dormir.

É recomendado por alguns especialistas que se adicione sal de cozinha à dieta (devido ao cloreto de sódio). Essa adição de sódio reduz ocorrências subseqüentes de cãibras. Porém é necessário ter cuidado com a quantidade de sal ingerida, devido ao risco de hipertensão arterial, uma vez que o sal induz a elevação da pressão.

Consumir bebidas esportivas que contêm uma quantidade adequada de sódio também é uma maneira sutil de repor o sódio. Em estudos, sempre que um indivíduo sentia cãibras durante um exercício extenuante, ele tomava uma bebida esportiva com cloreto de sódio. Daí então, as cãibras pararam.
Previna as cãibras antes que elas comecem, seguindo as seguintes recomendações:

1. Beba muito líquido para ficar hidratado durante o exercício;

2. Reponha níveis de sódio durante os intervalos de exercícios “pesados”, e “intensos”, e com transpiração abundante, com uma bebida esportiva/isotônico; ou mesmo água, se o exercício não for tão intenso;

3. Assegure uma recuperação nutricional adequada (particularmente para o sal, mas tome cuidado) e descanse os músculos após um treino intenso.

Tratamento

Já o tratamento seria colocar bolsa de água quente para melhorar o fluxo de sangue para os músculos, tomar água gelada por permitir maior absorção, ou seja, a água gelada é mais rapidamente absorvida em relação à água quente e, alongamentos, lentos e gradativos, nos músculos afetados, sem forçar muito (alongue até o limite de tensão do músculo, sem forçar).

Soluções rápidas para cãibras:

Quando as cãibras aparecerem durante um exercício ou competição, tome as seguintes medidas:

1. Alongar. Como as cãibras são normalmente relacionadas à mudança na capacidade de peso, alongamento e exercícios sem peso são tratamentos efetivos.

2. Massageie a área. Esfregar o músculo afetado pode ajudar a aliviar a dor e também auxilia no estímulo à corrente sangüínea e ao movimento de líquidos na área.

3. Estimule a recuperação. Descanso e reidratação adequada com líquidos que contenham eletrólitos, particularmente sódio, irão rapidamente trazer melhora.

*Aloísio Alan é médico do esporte, ortopedista e traumatologista em Vitória da Conquista-BA. Atende em sua clínica particular, no Ed. Altamirando da Costa Lima, 5º andar, salas 504/505, no Hospital Unimec e é coordenador do Departamento Médico do Esporte Clube Vitória da Conquista.

Imprimir Imprimir | Enviar Enviar | 15.576 visualizações

Dê seu voto:
1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas (5 voto(s), média: 5,00 de 5)
Loading ... Loading ...


16 respostas para “O que fazer em caso de cãibras e dores musculares?”

  • Luciana disse:

    OI BOA NOITE! MINHA MÃE TEM CÃIBRAS MUITO FORTES ,QUE ELA CHEGA A CHORAR DE DOR,E DÁ DO NADA ,ELA NÃO VIVE SEM SAL… E NÃO PRATICA NENHUM TIPO DE EXERCÍCIO,AS CÃIBRAS PIORARAM DEPOIS QUE ELA FOI ACIDENTADA E QUEBROU 7 COSTELAS,E AS CÃIBRAS DÃO EXATAMENTE NA REGIÃO DELAS TANTO NA PARTE DA FRENTE QUANTO NA DE TRÁS. ELA JÁ TEM 65 ANOS E TENHO MUITO MEDO QUE DE UMA CÃIBRA MUITO FORTE E QUE ELA NÃO CONSIGA NEM FALAR E QUE ESTEJA SOZINHA EM CASA.E ELA JÁ FEZ TANTO EXAME ,MAS TANTO E NÃO DÁ NADA. O QUE EU PODERIA FALAR PRA ELA ,PARA ALIVIAR DAS DORES, JÁ PONHO PANO QUENTE ,MANDO ELA ALONGAR, RESPIRAR FUNDO ESTICAR OS BRAÇOS E O CORPO, MAS DÓI DEMAIS…ME AJUDE POR FAVOR.

  • Maria disse:

    Boa tarde
    Meu marido é hipertenso e sente muitas cãibras na região do abdome, e pelas materia publicada todas pedem sal sei das outras medidas a serem tomadas e ele ja pratica algumas. Tem algum remedio que ele possa usar para melhorar?

    Agradecida

  • bom dia eu tenho 57 anos e tive um avc a algum tempo atraz so que os ultimos meses eu estou tendo caimbras com fortes dores nas coxas(incrusive ontem as 22:50 hs)so que eu em materia de esportes eu não faço nem um a não ser andar de bicicleta diariamente para ir a algum lugar, então eu pergunto como e o que fazer para aliviar essas dores que eu tenho ou como me previnir.

  • vivian reis disse:

    Nossa adorei esse site achei td que precisei para meu trabalho de Educação Fisica tirei total… agradeço aao site por ter me ajudado…Sempre quando eu precisar de fiser um trabalho procurarei nesse site… Um abraço por favor me resposnda publicando em um comentario por favor quero agradecelos….Beijos..

  • Olá, Vívian! Bom saber que pudemos te ajudar. Temos o máximo prazer em atendê-la naquilo que precisar e estiver ao nosso alcance. Fique na Paz de Deus! Grande abraço!

  • Regina disse:

    olá boa noite..tenho 49 anos sou ipertensa,tomo rêmedio pra colesterol e tambem para pressão tenho caimbra no corpo inteiro
    ok fazer..

  • irani s. d. pereira disse:

    tenho 38 anos moro no acre estou aqui para pedir ajuda, sinto muitas dores muscular,ja não aguento mas choro muito e agora tenho caibras nas pernas,ja fis varios exames:reumatismo enflamaçao nas juntas acidu hurico tudo normal preciso de ajuda por favor!

  • Edineide Pinheiro disse:

    Olá, boa tarde!!
    Eu tenho 36 anos, sinto muitas dores no braço direito, seguido de muitas caimbras, tem noites que nem consigo dormir direito, principalmente nos dias em faço mas esforço, como lavar roupa e passar, não sei o que fazer, nem que médico procurar???

  • maria gomes disse:

    boa noite! fico grata que me envie como atuar em caso de cãibras

    desde já grata pela vossa atençao

  • marileine disse:

    BOA NOITE,EU TENHO 47 ANOS,TENHO MUITA CAINBRA NAS COSTELA,A DOR É TÃO FORTE QUE CHEGO A CHORAR DE DOR,JA ESTA ATÉ FORMANDO UM OBSCESSO GRANDE NA COSTELA DIFICIL DE DISOLVER,O QUE POSSO FAZER?FICO GRATA PELA ATENÇÃO.

  • vania disse:

    boa tarde gostaria de saber porque tenho caibra na coxa nas duas perna muito dor e nas batatas tudo juntos e muita dor penço que vou orre de tanta dor gostaria de saber se ten algun remedio que tire essas cainbra mim ajude e tanben nas custela nas mao nos pes en todo canto aguando uma ajuda e se ten algun especialista obg deide ja

  • Diva disse:

    Tbem nem sei o que faço com tantas cãimbras nem que médico procurar,mas foi bomver esta reportagem, fiquei conhecendo algumas dicas.

  • REGIS disse:

    boa noite dr eu sou motorist de onibus e eu sofri um acidente quando fui decer do onibus torci o tornoselo direito depois diço venho sentindo muitas cainbra quando chego do trabalho que devo faser?

  • Regina disse:

    Adorei o site e a possibilidade de tirar dúvidas. Tenho 23 anos, bebo muita, água, alongo antes de exercícios, procuro me movimentar de tempos em tempos quando tenho que ficar muito tempo sentada,regulo o consumo de sal,mas não cortei o sal pois sei que na quantidade certa pode ajudar na saúde. Sinto muita caimbra,nas mãos, pernas e costelas, principalmente na perna esquerda. E demoram, e em algumas vezes acontecem seguidamente. Um amigo meu cronometrou uma vez enquanto eu chorava de dor e passei qse 15 min.E quando parou fiquei horas com a perna doendo e por pelo menos meia hora não consegui me equilibrar em pé.Algumas vezes acontecem duas ou três vezes seguidas de forma tão forte que acabo tendo falta de ar devido a dor.O que posso fazer nestes momentos para tentar parar a dor?

  • Tenho 74 anos, sou diabética, sofro de tiroide, mas tudo controlado. O que mais me incomoda são as câibras. Quase todos os dias de madrugada ela vem. É na sola do pé, no peito do pé nas batatas das pernas nos dedos dos pés. Só nas pernas. Mas eu tenho desde criança , 7 anos iniciou. convivo com ela todo esse tempo e ainda não consegui nada especifico. fui costureira por 50 anos Se alguém puder me ajudar eu agradeço. Quando a câibra vem fico em pé , me apoio na parede , fico na ponta dos pés e faço flexão várias vezes. Mas nem sempre resolve. As vezes faço compressas de água quente e agasalho os pés.

  • Elisabete disse:

    Olá tenho 38anos tive AVC+ aneurisma cerebral há dois anos fiquei com hemeparesia do lado esquerdo,há pouco tempo venho tendo câimbras horríveis o que fazer para diminuir as dores?

Deixe um comentário

Spam Protection by WP-SpamFree





Links