Mulher morre durante tratamento de carboxiterapia no Rio

do Extra Online

por Isabella Guerreiro

O Centro Médico e Estético, uma sala comercial de um prédio na Rua Pinheiros 46, foi lacrado após familiares da vítima avisarem à polícia. Segundo o Sindicato dos Médicos, o estabelecimento funcionava sem alvará

Uma mulher morreu durante um procedimento estético numa clínica em Rio das Pedras, Zona Oeste. Siomara Lima dos Santos Reichel, de 49 anos, teve uma parada cardíaca quando era submetida a um tratamento de carboxiterapia, que usa gás carbônico (CO2) para acabar com celulites e estrias. O delegado adjunto da 32ª DP, Leandro Aquino, instaurou inquérito para investigar a hipótese de uma falha no procedimento estético. A responsável pelo procedimento, a fisioterapeuta Marina de Oliveira Baptista, será indiciada por homicídio culposo, quando não há intenção de matar.

Siomara Lima dos Santos Reichel, de 49 anos, teve uma parada cardíaca quando era submetida a um tratamento de carboxiterapia, que usa gás carbônico (CO2) para acabar com celulites e estrias

O Centro Médico e Estético, uma sala comercial de um prédio na Rua Pinheiros 46, foi lacrado após familiares da vítima avisarem à polícia. Segundo o Sindicato dos Médicos, o estabelecimento funcionava sem alvará. Familiares de Siomara estiveram na 32ª DP (Taquara).

Segundo a polícia, Siomara realizava tratamentos estéticos com a fisioterapeuta desde junho de 2009 e já havia feito seis sessões de carboxiterapia durante o mês de janeiro na clínica de Rio das Pedras.

Em depoimento, Marina contou que chamou a médica Valéria Pinto Mota, dona do estabelecimento, quando Siomara começou a sentir dor no peito e mal estar. Em seguida, a paciente teve convulsões e sua frequência respiratória diminuiu. A médica tentou reanimar Siomara, e uma ambulância foi chamada, mas a paciente não resistiu.

O diretor de Patrimônio do Sindicato dos Médicos, Ivan Arbex, também esteve na delegacia e informou que a clínica funcionava sem alvará. Ele, inclusive, defendeu as médicas que fizeram o procedimento. Ainda segundo Arbex, as médicas tinham especialização na área e a paciente, que já havia feito outros procedimentos médicos na clínica, teria sofrido um mal súbito.

Questionado se o estabelecimento poderia funcionar sem a licença da prefeitura, o diretor alegou que o problema é apenas burocrático.

— O alvará é questão burocrática, e não impede o profissional de exercer a função — disse ele.

Arbex, no entanto, classificou como lamentável coincidência a morte de Siomara:

— Foi uma lamentável coincidência. A morte súbita pode acontecer a qualquer momento.

Carboxiterapia é um método não cirúrgico, na qual gás carbônico é injetado no tecido subcutâneo, utilizando-se um aparelho com uma agulha muito fina. O procedimento ajuda no combate à celulite, estria, flacidez e gordura.

Imprimir Imprimir | Enviar Enviar | 201.014 visualizações

Dê seu voto:
1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas (20 voto(s), média: 4,40 de 5)
Loading ... Loading ...


293 respostas para “Mulher morre durante tratamento de carboxiterapia no Rio”

  • luci disse:

    Essa matéria deveria ser retirada dos sites,visto que a morte da paciente não foi devido ao carboxi,ela nem estava em procedimento e sim aguardando atendimento.
    É fácil sujar uma imagem da clínica e do procedimento.
    Agora, não se preocupam em resgatá-lo.

  • Kadu disse:

    Olá meninas!

    Li vários desses comentários, mas estou aqui para acrescentar uma coisa que não vi até o momento. Já faço a carboxiterapia há uns 3 meses e na penúltima sessão, me deparei com uma dor muito forte. O gás entrava queimando e permanecia por um certo tempo ardendo (o que não é comum ficar ardendo muito depois que entra). Quando questionei a fisio sobre aquela aplicação naquele dia, ela disse que nos dias frios, a tendência é doer mais, portanto, dias frios não faço mais…rs.
    Fica a dica.

    Abraços.

  • malu disse:

    fiz uma seçao de carbo e graças a Deus correu tudo bem,fiz no rosto.Não doeu nada e nem incomodou.Este caso e muito estranho!

  • Ana disse:

    CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO PARANÁ
    RUA VICTÓRIO VIEZZER. 84 – CAIXA POSTAL 2.208 – CEP 80810-340 – CURITIBA – PR
    FONE: (41) 3240-4000 – FAX: (41) 3240-4001 – SITE: http://www.crmpr.org.br – E-MAIL: protocolo@crmpr.org.br

    PARECER Nº 1889/2007 CRM-PR
    PROCESSO CONSULTA N. º 91/2007– CI N.º 23/2007- CODAME
    ASSUNTO: CARBOXITERAPIA E INTRADERMOTERAPIA
    PARECERISTA: CONS. EWALDA VON ROSEN SEELING STAHLKE

    EMENTA: Intradermoterapia e Carboxiterapia.
    CONSULTA

    Trata-se de consulta formulada pela Comissão de Divulgação de Assuntos Médicos – CODAME, com o seguinte teor:
    “Tendo em vista o fato da Comissão de Divulgação de Assuntos Médicos – CODAME, receber constantemente consultas referentes aos procedimentos de Carboxiterapia e Intradermoterapia, solicitamos parecer sobre os aludidos assuntos”.

    FUNDAMENTAÇÃO E PARECER
    PARECER SOBRE INTRADERMOTERAPIA

    ANÁLISE

    O conceito de intradermoterapia parece ter se originado na França em 1952, com o médico Michel Pisto. A proposta baseia-se na introdução de medicamentos na derme, camada profunda da pele, através de agulha apropriada, de quatro a seis milímetros de comprimento, os medicamentos habituais são administrados em até 0,2 mililitros para cada ponto de aplicação, em toda a extensão da lesão, com a finalidade de tratar processos inflamatórios neuro-musculares e articulares, alopécia areata, assim como agir em situações de caráter estético, tais como, celulite, estria, gordura localizada e revitalização facial.
    Ao pesquisarmos o termo intradermoterapia encontramos, na mídia voltada para leigos que os seguintes produtos: DMAE, finasterida, alcachofra ou luteolina, centelha asiática, ginkgo biloba, vitamina C, ácido hialurônico, cafeína, desoxicolato de sódio ou lipostabil® e toxina botulínica são indicados e propagados em material publicitário. A maioria não apresenta registro na ANVISA por não serem produtos industrializados, mas manipulados, cabe observar que os princípios ativos ou insumos são de responsabilidade exclusiva da indústria, e à farmácia de manipulação compete somente a obtenção de produtos de fabricantes idôneos, no entanto, os trabalhos são da indústria, não havendo produção científica independente ou isenta, dentro as regras internacionais de estudo de eficácia e segurança.
    Mesoterapia, outro termo amplamente usado, é uma técnica minimamente invasiva que consiste na injeção de variadas substâncias na derme com finalidade de potencializar seu uso farmacológico, largamente empregada em todo o mundo, porém, na maioria, sem subsídio científico suficiente para seu uso, e já existem diversos relatos de complicações.
    Em consulta ao site da ANVISA não encontramos registro de vários destes produtos injetáveis. Em relação à intradermoterapia para fins estéticos, a ANVISA em agosto de 2003 fez a recomendação para que fossem proscritos e assim como os pareceres CFM 484/2002 e 34/2003. Em 19 de outubro de 2005 a ANVISA esclarece sobre a situação do “lipostabil brasileiro” ou desoxicolato de sódio, substância manipulada que só pode ser vendida com prescrição médica, que por não haver pesquisas que comprovem a segurança e a eficácia do uso do Desoxicolato para a redução de gorduras localizadas, proibiu a propaganda do medicamento fosfatidilcolina ou desoxicolato de sódio para fins estéticos, em qualquer meio de comunicação, inclusive a internet.
    A utilização de produtos injetáveis seja para fins terapêuticos ou estéticos deve seguir as seguintes premissas:
    § ser baseada em evidências científicas,
    § utilizar produto reconhecido, certificado e licenciado no país
    § ter respaldo da comunidade científica e da especialidade para a finalidade em uso
    § o médico deve obrigatoriamente ter uma formação sólida, com conhecimento amplo de anatomia, biologia, fisiologia e patologia da pele,
    § ter respeito ao paciente, com indicações claras e orientações adequadas para o entendimento do limite da técnica e das expectativas de resultados.

    Na prática médica, quando são utilizados corticóides e antinflamatórios, usualmente referimo-nos a eles como infiltração intra-lesional ou intra-articular.

    CONCLUSÃO

    O médico tem a obrigação de buscar esclarecimentos quanto à procedência dos produtos, de certificar-se do registro dos mesmos pelas instâncias oficiais, e de saber se as empresas, sejam produtoras, importadoras ou distribuidoras estão em conformidade com a legislação vigente, visto que poderá ser arrolado como autor ou cúmplice se houver alguma ilegalidade, pois é sua a escolha e a indicação.
    Embora o termo intradermoterapia esteja difundido no meio médico e leigo, a maioria das substâncias aplicadas sob este conceito não tem respaldo até o momento das sociedades científicas reconhecidas pelo Conselho Federal de Medicina e pela Associação Médica Brasileira, pelo que não recomendamos o uso de produtos que venham a conflitar com o Código de Ética Médica e as leis vigentes.

    Fonte:
    Dermat Surg 2006; 332:1467-72SBCD
    ANVISA
    Google
    Wikipédia
    CFM

    PARECER SOBRE CARBOXITERAPIA

    ANÁLISE
    A denominada carboxiterapia consiste na administração subcutânea de anidro carbônico, gás carbônico ou CO2, através de injeção hipodérmica, diretamente nas áreas de celulite, flacidez cutânea, estrias e gordura localizada e ainda seria indicado na terapêutica de arteriopatias, flebopatias, úlceras vasculares e psoríase, entre outras. Outro modo de aplicação seria via transcutânea ou como balneareoterapia, na forma de banho seco ou em água carbonada.
    A administração terapêutica do gás carbônico iniciou-se nos anos 30 na França, é um gás atóxico presente normalmente como intermediário do metabolismo celular, o gás é o mesmo utilizado em cirurgia videolaparoscópica para realizar pneumoperitôneo, histeroscopia e contraste em arteriografias, embora considerado não embólico há um relato de embolia na literatura acessada.
    Possíveis efeitos colaterais limitar-se-iam a dor durante o tratamento, sensação de crepitação no local da aplicação devido a pequeno enfisema que desapareceria em média em até 30 minutos e pequenos hematomas decorrentes da punção. A maioria dos trabalhos não se relacionam com estética, nesta categoria há carência de estudos com rigor científico.
    Somente alguns dos infusores de CO2, que tem registro na ANVISA, faz constar em seu manual o uso percutâneo.
    Na mídia é divulgado que o próprio fabricante de determinado equipamento informa que dados histopatológicos obtidos por biópsia, em pacientes tratados na Itália e por seu representante nos Estados Unidos, mostrariam que o método é inócuo ao tecido conectivo, incluindo-se estruturas vasculares e nervosas, e que já teriam sido realizados 20 000 (vinte mil) aplicações de carboxiterapia com índice de complicações, reações adversas e mortalidade de zero.
    Os treinamentos costumam ser realizados pelas empresas que representam os aparelhos, na maioria das vezes, em locais inadequados, expondo o paciente e o médico a grandes riscos, assim como banalizando um procedimento que é invasivo.
    O Departamento de Cosmiatria da Sociedade Brasileira de Dermatologia em resposta à solicitação da Delegacia Regional de Piracicaba do CREMESP, publicada no Jornal do CREMESP em julho de 2007, sobre tratamentos recomendados para a Lipodistrofia Ginóide, conhecida comumente no meio leigo como celulite, assim posicionou-se: “A carboxiterapia ainda não está reconhecida como tratamento formal para a lipodistrofia ginóide. Existem poucos trabalhos científicos e controlados que mostram resultados em relação a este tratamento específico. Há na literatura vários estudos utilizando esta técnica para outros tipos de alterações. Alertamos para a falta de literatura embasada de forma científica e sugerimos que sejam feitos protocolos específicos. No momento a Sociedade Brasileira de Dermatologia não fornece aval para a utilização desta técnica na lipodistrofia ginóde. Em relação a outros tratamentos, não existe uma lista de aprovação. Visto que a lipodistrofia é uma alteração com múltiplos efeitos e sintomas, o médico deve manter os princípios básicos de ética, bom senso e segurança para o paciente”.

    CONCLUSÃO
    Embora a constante divulgação deste método, especialmente por médicos italianos, até o momento não existe literatura que esteja de acordo com a recomendação internacional de produção científica e que comprove a eficácia da carboxiterapia, para fins estéticos ou terapêuticos, não sendo técnica isenta de risco, pois a ocorrência de infecção poderá eventualmente atingir graves dimensões, visto ser método invasivo, e embora rara poderá ocorrer embolia gasosa, portanto, é nosso entendimento, neste momento, não haver justificativa para seu uso, assim como recomendamos que não seja divulgada, por ser técnica não reconhecida e sem evidências científicas pela comunidade médica.
    É o parecer, s. m. j.
    Curitiba, 11 de novembro de 2007.

    Cons. Ewalda von Rosen Seeling Stahlke
    Parecerista

  • Ana disse:

    Hoje em dia as mulheres estão fazendo LOUCURAS pela beleza…. só que não existe MILAGRE…. Sejamos raciones!!!!

  • Alexandra disse:

    Estou fazendo sessões de Carbox para reduzir medidas no abdômen e flacidez. Estou na 16ª sessão. Sentir um desconforto muito grande na 14ª e na 15ª sessão., parece que o ar percorreu uma área além do abdômen, senti uma sensação de falta de ar como se tivesse com uma pressão no pescoço do lado esquerdo e uma dor forte na articulação do braço, cheguei a perder temporariamente o movimento.

    Esse desconforto, pode ser considerado normal, que tipo de avaliação devo fazer ou qual médico devo procurar para avaliar se tenho algum tipo de sensibilidade ou se é ou não em decorrência do procedimento?

  • Andréa disse:

    Alexandra, eu senti os mesmos sintomas que vc, após a 7ª sessão, também gostaria de um esclarecimento.

  • Priscila disse:

    Meninas, passei por um grande susto ha 3 dias…estava em casa tranquila…e de repente comecei a formigar a mão esquerda e perdendo toda a foça muscular…isso percorreu todo meu lado esquerdo do corpo…quando chegou no braço não conseguia segurar uma caneta…passou para o rosto e perdi a fala…foi para a perna e perdi todos os movimentos…cheguei ao pronto socorro cardiológico e me tiraram de cadeira de rodas!!! Fui logo para emergência como Infarto…mas foi descartado após exames. Me encaminharam para o pronto socorro neurológico, fizeram mais exames e diagnosticaram como possível AIT (acidente isquêmico transitório)!! No dia seguinte procurei um Cariologista de confiança, que está me revirando para achar a causa…e falou em inicio de embolia e pediu para suspender na hora a Carboxi!! Tinha feito 4 sessões!!! Até então parece ser a provável causa…por isso não quero nem pensar ou passar perto dessas malditas agulhinhas!!! O nosso excesso de vaidade pode causar nossa vida!!!

  • Cláudia disse:

    Fiz carboxiterapia no Bumbum e no pescoço e passei mal na segunda sessão.
    Tive queda de pressão, sensação de desmaios e dormência nas mãos. Cada ser humano tem é diferente. É preciso muita cautela!!! às Vezes queremos tirar a celulite e flacidez e acabamos perdendo a vida!!!

  • karla disse:

    Olha eu fiz uma sessao de carbox gratis para ver se aguentaria a dor , foi questao de umas 5 agulhadas somente!
    O dia todo foi super tranquilo , a dor e leve , é como se fosse uns choquinhos no local onde se aplica!
    A noite eu tava super bem, mas quando foi as 2 hs da madrugada meu coraçao começou a bater aceleradamente , comecei a tremer os braços o corpo todo eu sentia tremer por dentro, senti falta de ar, e depois dormencia no braço direito!
    Ai nao consegui dormi fiquei a noite toda apertando um ursinho com o braço direito para ver se conseguia voltar o movimento normalmente, e em instantes eu ficava calma e ficava tudo bem depois voltada de novo os sintomas
    Ai qdo foi as 6 da manha eu fui a sta casa , procurar um atendimento,
    e cheguei la a moça mediu minha pressao estava otima, o batimento cardiaco tava ok e a respiraçao tbm!
    Entao sentei e fiquei aguardando atendimento 2hs e 40 minutos…..
    Ai qdo estava começando o medico a atender, eu era a 4° a ser atendida , entrou o primeiro, de repente minhas maos começaram a tremer , eu estava perdendo o movimento dos 2 abraços , os dedos das 2 maos esntortaram e eu nao conseguia mexe los
    de repente senti uma dormencia pelo corpo todo
    comecei a tremer tudooooo e ficar muito nervosa , ai 2 mulheres q estavam ao meu lado me levaram pra sala do medico pra ele me atender primeiramente antes dos demais …
    E contei a ele que havia feito uma sessao de carbox no dia anterior! Ele imediatamente me levou pra sala de emergencia, ja mediu meu batimento cardiaco estava alteradissmo, a respiraçao tbm, e me injetou 2 injeçoes na veia do pulso, uma outra no bumbum ! E depois de mais ou menos uma meia hora eu ja estava ficando um pouco melhor , voltei a sentir as maos e tudo se normalizou , entao ele aplicou outra injeçao no bumbum pra dormir e me mandou pra casa pra dormir e descansar ficar bem calma pro efeito do CO2 passar! E me disse pra nunca mais fazer isso , que CO2 é um veneno pro corpo e que nao pode ser injetado, pois eliminamos ele do corpo , porque ele nao serve pra gente, entao como eu fui injeta lo em meu corpo? ..
    Ai fui pra casa dormir a tarde toda!
    Qdo foi umas 8 hs da noite de ontem comecei novamente uma dormencia bem leve no braço direito e a sentir falta de ar, voltei a sta casa e a enfermeira que veio me atender, disse que estava tudo legal que nao poderia me dar mais remedios porque eu recebi uma dosagem muito alta de manha! Entao me mandou ficar bem calma e ir pra casa dormir!
    Entao eu fiz , dormi bem , e graças a Deus e ao medico que me atendeu a tempo, eu to aqui pra poder escrever essa mensagem e alertar voces! Nao façam carbox, eu nao farei nunca mais !!!!

  • Solange disse:

    Minha sobrinha tem feito esse procedimento e eu tenho andado preocupada principalmente porque ela ja tem a alguns anos um quadro de eplepsia. mas se os pais aprovam nao posso fazer nada.

  • Ivanilda Barbosa disse:

    Já fiz 7 sessões de Carbox, não sinto nada, a não ser a picada e alguma ardencia que logo passa, stou adorando pois o resultado está sendo muito bom.

  • Luana Siqueira disse:

    É um absurdo esses comentários que envolvem idas ao PS e médicos dizendo que é pra párar o tratamento com carboxiterapia.
    Esse gás é medicinal, não é o mesmo que soltamos na expiração conforme um comentário acima. É um gás usado em grande quantidade em cirurgias de videolaparoscopia. E durante as sessões de carboxi é usado muito pouco. Falta muito conhecimento para essas pessoas que criticam a carboxiterapia. Honestamente, a ignorância é muito grande!

  • Adriana Amaral disse:

    Eu ia começar a fazer mas realmente em meio a tantos depoimentos, mesmo que não faça mal pro organismo acho que o melhor é não arriscar, meninas vamos para a academia malhar estes corpinhos, é bom e saudável!

  • Joana disse:

    Boa tarde…

    Eu fiz e estou gostando. No 1º dia fiquei toda dolorida, mas depois da 2ª e 3ª só sinto arder um pouco e depois passa. Faço 2 vezes na semana e logo depois vou para à academia. Estou na 8ª sessão. Estou gostando e vendo resultados. Não é aconselhavel para quem é Diabetico, Ipertenso…

  • RAQUEL disse:

    Tenho gorduras localizadas na barriga e culotes, comecei a fazer carbox em uma clinica no Sion, fiz 20 seções, 10 na frente e 10 atrás. No ultimo dia quando vieram me medir, me falaram que perdi 5cm! Me falaram… Porque na verdade, não perdi nada! E olha, que fiz 20 seções acompanhadas de outros dois tratamentos estéticos. E o pior, foi que antes de terminar estas seções nesta clinica, já havia comprado um outro pacote de carbox em outra clinica no Centro. Essa outra clinica injeta mais gás que a outra, e o procedimento é mais doloroso, não estou confiante. Enfim, como já paguei, vou terminar. Meu conselho é que não façam como eu, é gastar dinheiro atoa!

  • telma disse:

    meu nome é telma,hoje liguei em 3 clinicas para fazer avaliaçao,mas depois destes comentarios,fiquei com a pulga atras da orelha.nao sei se tenho mais coragem para fazer esse tratamento.

  • Camila disse:

    Mas esse povo gosta d lançar as desgraças para o mundo ver!!!!! Aposto q durante as sessões que deram certo, ninguém pensou em elogiar!!! Mas foi só sentir qualquer coisa q logo vem postar o roteiro todo da desgraça; desde a hora q sentiu um mal estar até voltar p casa e dormir a tarde toda!
    Credo! Cada um tem uma reação, o organismo d todos é diferente e reage d formas diferentes! Até uma simples vacina pode causar uma reação adversa!
    Do jeito q falam, parece até q alguém obrigo-as a irem p uma clínica fazer procedimentos estéticos! Só acho uma tremenda hipocrisia falarem mal só por que algo deu errado, pois se tivesse dado tudo certo, ninguém viria aqui p declarar nada!!!!

    SÓ ACHO!!!!!!!

  • Dolores disse:

    Após ler sobre esses problemas causados por possíveis sessões de carboxterapia fiquei muito assustada com certas efeitos indesejáveis. Já fiz três (03) sessões de carboxterapia numa dessa clínicas de Hospital-Escola e não aconteceu nenhum problema, isto é, há 11 dias estou com um grande hematoma na face e,quando me perguntam o que é isso digo que foi um tombo.Nas duas primeiras sessões, a dor foi bem leve, mas na última sessão foi bem grande e, antes de sair da clínica retornei para falar om o médico, pois ao tocar na face percebi um grande caroço por dentro que estava bem endurecido. O médico me disse que talvez tivesse pego algum vasinho, mas não era nada demais.Pressionou bem o dedo sobre a face, como se quisesse espalhar o gás e simplesmente me disse que aquilo iria desaparecer. Embora com muito medo, acreditei nele, mas vou querer fazer outros procedimentos e não sei se devo. Ressalto também que o procedimento não foi feito por estudantes e sim, por um médico experiente.

  • Andréa disse:

    Também iria procurar carbox, mas desisto depois desses comentários..vou fazer academia, pilates…

  • SUELI disse:

    eu faço nas coxas e nas costa ,estou na quinta sessão,a unica coisa que sinto é o desconforto da agulha ,nas costas o resultado esta sendo rapido mas nas pernas esta devagar,faço 2x na semana.Agora estas pessoas que sentiram estas coisas ai,garanto que nao tem na a ver com o gas enjetado superficialmente !

  • JAN disse:

    QUANDO SAI DA TERCEIRA SESSÃO COMEÇEI A SENTIR TONTURA, FRAQUESA NAS PERNAS, FALTA DE AR E DOR DE CABEÇA MUITO FORTE, A ATENDENTE DA CLINICA DISSE QUE PODERIA SER QUEDA DE PRESSÃO, EU PARTICULAMENTE VOU ABANDONAR AS SETE SESSÔS QUE FALTAM, MAS ACHO QUE CADA ORGANISMO REAGE DE UMA FORMA DIFERENTE

  • nicolle disse:

    aiii estou com medo…iria começar a primeira sessão amanha, mas acho q não quero mais..rsrsrs

  • ELIANE MORAES disse:

    Boa tarde, mediante aos comentários acima, tenho algo a comentar.Iniciei minhas sessões hoje a princípio estou normar, só na hora que senti uma dor suportável. Vamos ver se terei o resultado esperado.

  • Elisabete disse:

    Estou na terceira sessão de carboxiterapia no rosto, e não tive nenhum problema, o resultado já esta aparecendo, olheiras estão mais claras, meu rosto está com aparência melhor
    Acho importante pesquisar uma clinica de confiança

  • Lea lima disse:

    Eu estou na 4 sessão de carbox ainda não tenho o que reclama mais aida não vi resultados mais vendo estes comentarios ja estou muito prucupada.

  • ana disse:

    EU COMPREI UM PACOTE DE CARBOXITERAPIA DE 20 SESSÕES, FIZ A PRIMEIRA
    A DOR ACHEI ATÉ SUPORTÁVEL,MAS UMAS 8 HORAS DEPOIS COMECEI A SENTIR UMA PRESSÃO MUITO FORTE NO PEITO E TONTURAS,PASSEI A SEMANA TODA ME SENTINDO ESTRANHA E CANSADA,ENTÃO TIVE FEBRE, FUI AO HOSPITAL POIS ACHEI QUE FOSSE UM GRIPÃO, O MÉDICO ME FEZ AS PERGUNTAS BÁSICAS, FALEI PRA ELE QUE A ÚNICA COISA QUE FIZ DE DIFERENTE FOI A SESSÃO DE CARBOXI, ELE PEDIU UM EXAME DE SANGUE COM URGÊNCIA COLETEI E FIQUEI AGUARDANDO O RESULTADO PRA MOSTRAR PRA ELE,PRA MINHA SURPRESA ESTAVA COM UMA INFECÇÃO QUE SEGUNDO ELE FOI PROVOCADA PELA CARBOXI OU POR AGULHA OU POR EQUIPO NÃO DESCARTÁVEL, ELE DISSE QUE NÃO ADIANTA APENAS TROCAR A AGULHAS MAS A MANGUEIRINA QUE LEVA O GÁS TEM QUE SER INDIVIDUAL.Depois disso resolvi fechar a boca ir para academia e não arriscar mais!!!

  • Andrisa disse:

    Estou fazendo carbox no abdomên e flacos e estou na segunda sessão…estou gostando muito do resultado. A dor não é tão forte, só é ruim que estou ficando toda roxa, mas já tenho uma pré disposição a ficar roxa. Não tive problema nenhum até agora, mas saio da clínica e vou direto pra academia malhar, acredito que isso seja um diferencial para que não tenha nenhum problema como os citados acima.

  • Rjane disse:

    to querendo muito,mas com varias declarações assim fico com muito medo,será que deveria fase alguns exames ,será que sim poderia evitar algo?

  • Samira Paula disse:

    quem tem problema cardíaco ou no pulmão não é aconselhável passar por estes procedimentos,pode correr alguns riscos,como taquicardia,ou até mesmo levar a óbito,antes de fazer tem que passar por uma avaliação médica e comunicar ao seu médico que sofre do coração ou pulmão,caso sofra,jamais faça,poderá estar colocando sua vida em risco.

  • Aline disse:

    Fechei um pacote de estética em uma clínica no qual há o procedimento de “lipocarbox” (não sei se trata-se do mesmo), porém quando disseram que utilizava agulha, de imediato pedi para substituir por outro, pois tenho pavor à agulha. Admiro quem tem coragem de fazer algo desse tipo, eu gostaria de ter também, mas sou medrosa e qualquer coisa que vai além dos limites do meu medo, prefiro não fazer. Gostaria de emagrecer rapidamente, de não ter mais celulite, mas cada um conhece os limites de seu organismo: o meu é melindroso, tenho certeza que seria daquelas que teria dormência no braço e queda de pressão. Enfim, a escolha é pessoal, porém precisa ter muita cautela e sempre procurar profissionais de confiança.

  • adrianaguimaraes disse:

    estou na 8 sessao e estou adorando…nao sinto nada somente as agulhadinhas e meu abdomem esta ficando show…….

  • Samanta disse:

    Faço faculdade de estética e cosmética,tive aulas com médicos dermatologistas sobre celulite(ou lipodistrofia ginóide)e eles desaconselharam totalmente o tratamento com carboxiterapia,por ainda ser experimental e não ter comprovações científicas exatas de sua eficácia,podendo trazer riscos à saúde.

  • Ana disse:

    Eu já fiz mais e 30 aplicações e obtive resultados incríveis…nunca tive nenhum “piriri”… exceto uma leve falta de ar…
    Meu bumbum ficou perfeito, sem uma celulite sequer! Lógico que aliado a uma dieta, caminhada, pois, odeio academia e bebendo 2 litros de água por dia.
    Meu cardiologista era – e é – totalmente contra, dizia para eu parar que ele cansou de ver pessoas “morrendo” por causa disso. Eu nunca vi, mas….enfim, depois de tanto ele me assustar acabei parando.
    Conclusão: meu bumbum está cheio de celulite novamente.
    Sem ele saber, já voltei para a Carbox e estou na Segunda aplicação e confesso que agora mesmo estou com falta de ar. Depois de ler esses depoimentos, acho que vou parar. Estou com medo…

  • Ellin disse:

    Karla, estes sintomas de maos travando e torcendo é devido seu nervosismo, nao tem nada a ver com a carboxterapia, isto é por conta de você ter ficado nervosa, sentia estes sintomas e nunca fiz carboxiterapia, inclusive estou pesquisando sobre antes de fazer, mas por favor nao seja burra, isto que teve, seus nervos travaram..

  • edileuza disse:

    minha filha em 22 anos um corpo perfeito, sem barriga alguma e começou a fazer, ja tá na 3ª clinica, agora vai fazer 10 sessões de vibrocell e carbox. li acima q n adianta nada e é preocupante isso. acho q no caso da filha é só p gastar dinehiro pq ela malha diariamente e ainda toma suplementos. ela n tem barriga tanquinho , nem seca demais, mas n tem volume nenhum. Minha maior preocupação nem o dinheiro gasto e sim poder causar algum sintoma sério de saúde c ela, como to lendo acima alguns.

  • Nara disse:

    Gente fiz a 1º sessão, ontem!!! foi em torno de 6 agulhas na rigião da barriga, senti apenas um choquinho e a dor das agulhas!! Mas Graça a Deus não estou sentindo nada!!! tenho muito medo de dar alguma reação!! Mas me aconselharam beber bastante aguá e é isso que estou fazendo!!! Mas se eu sentir algo desisto na hora!!!!!

  • marcilene disse:

    coprei um pacote de 20 sessões de carboxi e de correnteaussie,eletrolipolise e drenagem linfatica. estou no 1°dia ñ sentir nenhu destes sintomas + estou com um sintoma que ñ sei se tem a ver com o tratamento ,que e fezes liquidas e muitos gases. sera que tem ligação com tudo isso??? estou començando a ficar com medo de terminas as sessões!!!!

  • sandra gadelha disse:

    fiz lipo e abidominoplastia há 2 meses e estou na 7 sessão di carbox nas coxas e bumbum,to amando o resultado,faço drenagem na barriga e costas,o carbox eh ótimo,só eh muito dolorido,mas meu bumbum tá lindo ,sem celulite e durinho,nao sabia dos risco,to asustada,só q não sinto nada na hora da aplicação,só vejo o resultado.

  • alexia ppetra disse:

    eta povo sem nocao, sem direcao e sem preocupacao!!O negocio e fica bonitinho e a saude ha essa que se lasque e como o tambem s varios profissionais da saude bpq o negocio e money money money e o paciente que se fffffffffffffffffffffffrrrrrrrrrrrrrrrrrrrr!!!!!!!!!!!pra bom entendedor maia palavra basta!Boa sorte e muito amor pq n ha jamais qualquer outra coisa que seja mais imptante q o amor!Tendo o amor vc se cuida vc cuida mais dos outrtosan do mundo e de si, entao vamor a fe verdadeira, que e aquela que o salvador do mundo nos ensinou pq eu escrevo pra mim quem ler e de lambuja!Beijos apesar de mdar sem vontades estou com prooblemas e preocupada demais com mnhga saude!

  • Vanuire Boiam disse:

    Aiai… Como tem brasileiro ignorante. Desde quando CO2 mata alguém se infundir uma quantidade pequena?!
    Se fosse assim nem existiríamos, porque é fisiológico.
    Outra prova de que é uma terapia tão segura é o fato de que a anvisa (órgão super rigoroso) não proíbe a técnica.
    Porque será?
    Porque é seguro gente. É tão óbvio. Fisioterapeuta habilitado, biomédico e infermeiros também tem a autorização de aplicar. Se tiverem dúvidas é só ligarem nós conselhos específicos.
    Outra coisa: a carboxiterapia já é usada há muitos anos na França.
    Tem pouquíssimas contra-indicações e na minha opinião faz até bem a saúde, porque melhora o aporte sanguíneo dos tecidos.
    Eu recebo a aplicação até no couro cabeludo, porque noto uma grande diferença em minha queda capilar.
    Vamos quebrar esse paradigma de que a carboxi é perigosa, gente.
    Aliás, brasileiro precisa aprender a ler mais, antes de julgar. Precisa aprender a ver pesquisas científico – acadêmica para ter conhecimento sobre os assuntos. Tem muita gente sendo enganada por aí, com tanto tratamento estético que não funciona.
    Uma dica, pesquisem no Google quando quiserem ler artigos comprovando as técnicas assim por exemplo: carboxiterapia pdf. Veja se o artigo possui uma publicação confiável e pronto!

    Vamos ter nossos próprios critérios com sabedoria, sem sair julgando errado e sem ser levados pela mídia, que além de tentar exercer tanta manipulação sobre a gente, ainda diz tanta baboseira por aí.

    Profissionais da saúde tem mais do que a obrigação de saber o que fala. Não é porque é médico que é Deus onisciente, ok? Já vi muito médico falando coisas sem fundamento. Conheço vários tipos menos inteligente que uma porta. Eles tem poder alto de convicção sobre muita gente simples, que acreditam piamente na opinião dos tais.

    Vamos ter mais cautela, perspicácia e não acreditar em tudo o que ouvimos. Devemos ter nossa própria opinião com embasamento sensato.

    Apenas um apelo de quem fica inconforma com tamanha ingenuidade do povo.

    Obrigada.

  • JAQUELINE disse:

    Fiz minha primeira sessão com carbox hj, para estrias no bumbum e lateral da barriga. Nas estrias mais fininhas nem doi…mas quando chegou nas estrias mais LARGAS… Meu paii,. nao aguentei 5 agulhadas. Pedi pra parar. Começei a sentir formigamento e suor frio. que orror. Fechei um pacote de 6 sessoes e já to medo de continuar.

  • Teka Machado disse:

    Os problemas relatados, são meramente psicológicos e causados pelo medo, é claro que se acontecesse algo de tão grave, o tratamento teria sido retirado do mercado, pela ANVISA. Quanta falta de informação? Pelo que sei existe contraindicação para pessoas com problemas de saúde, problemas pulmonares e respiratórios, cardíacos, por isso todos que buscam o tratamento, precisam responder com veracidade sobre suas doenças na ficha de anamnese e, sejam éticos e não culpem a Carboxiterapia, por suas doenças pré existentes.

Deixe um comentário

Spam Protection by WP-SpamFree





Links