Futebol modela o corpo e faz bem à saúde

da Gazeta Online

por Laila Magesk

Pesquisas mostraram que o futebol society juntamente com tênis de campo têm causado problemas cardíacos, naqueles que jogam só nos finais de semana.

Amado pela grande maioria da população brasileira, ele só não é tão apreciado por parte da ala feminina. Digamos que não é tão legal o namorado ou marido jogar futebol com os amigos várias vezes na semana. Desabafo de menina à parte, o futebol tem um lado ótimo, inclusive para nós mulheres: deixa o corpo bonito e faz bem à saúde. E tem garota que bate um bolão. A modalidade abre a série Olímpicos e Saudáveis do Vida Saudável, que durante toda a semana vai mostrar atividades que estarão nas já tão comentadas Olimpíadas do Rio e que, desde já, podem ser praticadas por pessoas comuns em busca de uma vida com mais saúde.

A estudante Rayssa Bringhenti, 21 anos, coloca muito marmanjo no chinelo quando disputa uma partida. “Tenho quatro irmãos e desde pequena completava o time deles. Hoje jogo uma vez por semana porque gosto mesmo. Já disputei um campeonato no Estado, mas não continuei a carreira porque preferi entrar na faculdade e ficar por aqui”, conta.

Segundo ela, os meninos a admiram e a querem no time. Além do prazer que a atividade proporciona, o futebol deixou a estudante mais disposta no dia a dia.

O estudante Ítalo Zampa, 22 anos, é outro que gosta muita de uma partida. “Me sinto bem e fico mais leve quando jogo futebol. Sempre dou um jeitinho para jogar. Só parei quando tive uma contusão no joelho esquerdo, fiquei seis meses parado. E tem outra coisa: a gente faz novas amizades, socializa”, observa.

São múltiplos os benefícios que o futebol pode trazer. “Além de jogar e sentir prazer de fazer um gol, dar um finta, outra grande questão é jogar com quem você não conhece, algo que nas outras modalidades dificilmente ocorre”, explica o vice-presidente do Centro de Educação Física e Desporto da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), José Luiz Anjos.

Segundo ele, a queima calórica durante o jogo depende da posição que o jogador ocupa. “Goleiro, defesa, meio campo e atacantes: cada um utiliza de propriedades energéticas e capacidades respiratórias diferentes. Enquanto o jogador da defesa usa mais a força, o atacante utiliza mais a velocidade e a resistência aeróbica. Mas o meio de campo é quem mais gasta caloria”, afirma.

Cuidados

Um alerta: algumas pesquisas mostram que o futebol society, como o tênis de campo, podem têm causado problemas cardíacos. “A pessoa joga futebol só no final de semana, a frequência cardíaca aumenta de uma hora para outra, e assim, podem surgir doenças no coração”, explica o professor.

De acordo com ele, essa situação ocorre com frequência em pessoas da classe média, por não praticarem atividade física intensa. “Quando chega no final de semana, vai jogar o seu futebol e acontecem os problemas”, diz.

Por isso, destaca, é sempre bom buscar orientação médica, saber qual é a frequência cardíaca máxima que o praticante suporta e o quanto pode exigir do coração dentro de uma atividade física.

Regularidade

Quem não tempo para se exercitar deve praticar, no mínimo, duas vezes por semana. Quem puder, todos os dias. “O recomendado são três dias por semana, de 40 minutos em diante, porque você passa a exigir novas fontes de energia em relação ao seu sistema energético. Isso garante que, em 48 horas, você seja capaz de dar continuidade aquilo que foi iniciado antes”, orienta Anjos.

Imprimir Imprimir | Enviar Enviar | 1.157 visualizações

Dê seu voto:
1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas (Seja o primeiro a votar!)
Loading ... Loading ...


Deixe um comentário

Spam Protection by WP-SpamFree





Links