WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
;
o blog artigos curiosidades dicas qualidade de vida fale conosco



novembro 2020
D S T Q Q S S
« jul    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  


Proteste encontra traços de glúten em “macarrão sem glúten”

De 23 alimentos avaliados dentro da categoria glúten-free, apenas o penne da Fit Food foi reprovado. Entenda o teste e sua repercussão na saúde dos celíacos.

Não pretendemos demonizar o glúten. Mas, principalmente para pessoas com doença celíaca, ele de fato deve ser evitado – daí a importância de rótulos claros e confiáveis. Acontece que uma avaliação da Proteste – Associação de Consumidores encontrou essa proteína dentro da embalagem do macarrão penne, da marca Fit Food, que exibia inscrições como glúten-free. Antes de tudo, os responsáveis pelo teste selecionaram 23 alimentos de lojas de produtos naturais ou voltadas especificamente para mercadorias livres dessa substância na cidade de São Paulo. Eles pertenciam a diversas categorias, de macarrão a cerveja. Confira a lista completa:
:: LEIA MAIS »

Higiene íntima: Os cuidados necessários em 5 situações do cotidiano

Ginecologista explica como evitar doenças e irritação na região genital em situações como idas à praia e prática sexual.

Sabonete de glicerina neutro, calcinhas de algodão e chá de camomila. Você sabe o que estes três itens aleatórios têm em comum? Por incrível que pareça, o trio deveria fazer parte da sua higiene íntima para evitar a proliferação de bactérias na região. Segundo a ginecologista Patrícia Gonçalves, de São Paulo, é importante cuidar da sua saúde íntima para que não haja colonização do trato genital por bactérias oportunistas – que não fazem parte da flora genital normal. A especialista reforça que “realizar a higiene local duas vezes ao dia e usar sabonete líquido ou em barra de glicerina neutro”, podem ser métodos eficientes para adotar no seu dia a dia.

Mas atenção…

:: LEIA MAIS »

Empresa chinesa vendia vacinas falsas contra pólio, tétano e difteria

Um novo escândalo sanitário está colocando a China em estado de alerta depois da descoberta de que um lote de vacinas falsas foi aplicado em bebês de menos de três meses. O presidente chinês, Xi Jinping, pediu nesta segunda-feira (23) sanções severas contra a companhia Changchun Changsheng.

A empresa teria vendido mais de 250 mil doses de vacina contra a difteria, o tétano e a poliomielite, também conhecida como paralisia infantil. O CFDA organismo chinês que autoriza a comercialização de alimentos e medicamentos, já havia anunciado a interrupção da produção de uma vacina contra a raiva produzida pela mesma empresa, depois de uma inspeção.
Leia também:

:: LEIA MAIS »

OMS: Epidemia de aids não terá fim sem ações direcionadas

O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, disse hoje (23) que a epidemia de HIV no mundo não terá fim sem que haja políticas direcionadas para as chamadas populações-chave – sobretudo gays, homens que fazem sexo com homens, trabalhadores do sexo, usuários de drogas e população LGBT (lésbicas, gays, bissexuais, transsexuais e transgêneros).

“A melhor forma de abordar todo o espectro de suas necessidades de saúde é por meio de sistemas de saúde fortes baseados numa atenção primária centrada nas pessoas e que seja direcionada para alcançar saúde para todos”, publicou Tedros em seu perfil na rede social Twitter.

:: LEIA MAIS »

No inverno, a atenção deve ser redobrada quando se fala em saúde

Respiração e a pele são as áreas mais prejudicadas com a baixa umidade do ar, mas algumas orientações podem proteger mais do que o casaco nos dias frios.

Sabe aquele prazeroso banho quente no inverno? E quem nunca saiu fechando todas as janelas para se proteger dos ventos frios? São atitudes simples que tomamos para nos aquecer, mas que podem não ser nada saudáveis. Isso porque essa estação exige cuidados especiais para nossa saúde, principalmente para a pele e o campo respiratório, que ficam mais sensíveis neste tempo com as infecções que amam esse clima.

A seca que acompanha o inverno traz males que começam no maior órgão do corpo, como exemplifica Luciano Ferreira Morgado, especialista em dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia: “A pele fica propensa ao surgimento de áreas de irritação, chamadas de eczema. Também são frequentes a dermatite atópica – mais comum em crianças – e o desenvolvimento de infeções bacterianas, como a celulite, desencadeadas pelo ressecamento”, detalha. Mas com pequenas ações podemos nos prevenir e nos manter bem cuidados, explica Luciano. “Devemos evitar esses banhos muito quentes e demorados, o uso de buchas e de sabonetes abrasivos – que causam desgaste por raspagem -, pois ressecam a pele. Também é bom usar sabonetes ou géis de banho com ativos hidratantes, além de ingerir bastante água, sucos e alimentos com ativos ricos em antioxidantes, como as vitaminas C e E.”

:: LEIA MAIS »

Alerta: Agrotóxicos atingem, diretamente, a saúde de próstata e testículos

Como seres humanos estão expostos a uma variedade muito grande de substâncias no meio em que vive, é difícil realizar estudos controlados para detectar a influência direta de um único composto na saúde.

Em 1962, a ecóloga norte-americana Rachel Carson escreveu, na icônica obra Primavera silenciosa, que seria apontada como a fundadora do movimento ambientalista: “Se vamos viver tão intimamente com esses químicos — comendo-os e bebendo-os, levando-os para a medula de nossos ossos —, temos de entender algo sobre sua natureza e seu poder”. Ela se referia aos pesticidas que, à época, não levantavam suspeita entre a população e apenas começavam a atrair a desconfiança da comunidade científica.

As denúncias feitas por Carson receberam uma enxurrada de críticas da agroindústria, mas, na mesma proporção, atraíram a confiança dos leitores, que começaram a exigir mais clareza sobre os efeitos desses produtos na saúde humana. Um ano depois do lançamento do livro, um relatório do Comitê Científico da Presidência, ocupada por John F. Kennedy, apoiou o conteúdo da obra, uma tendência acompanhada por todo o mundo ocidental.

:: LEIA MAIS »

Saúde mental dos estudantes deve ser observada, afirma psicólogo

O importante equilíbrio entre mente, corpo e estudos pode ser esquecido em época de preparação para vestibulares.

Os números podem assustar: 56% dos alunos brasileiros estão entre os que ficam mais estressados pela alta carga horária de estudos. Além disso, o país ocupa o segundo lugar no ranking de 180 países pesquisados, no quesito ansiedade. A pesquisa foi apresentada pelo Programa de Avaliação Internacional de Estudantes da Organização para Cooperação Desenvolvimento Econômico (OCDE). O pior desse cenário é que os transtornos continuam com a entrada dos jovens nas universidades.

De acordo com a pesquisa divulgada pela Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), 30% dos alunos das universidades federais do Brasil procuram atendimento psicológico e 10% fazem uso de medicamento psiquiátrico. Além disso, as tentativas de suicídio aumentaram, segundo a Lei de Acesso à informação.

:: LEIA MAIS »

Problemas de pele: o tempo nem sempre cicatriza

Algumas lesões que afetam a pele e outros tecidos são chamadas de feridas complexas. Conhecê-las é essencial para evitar prejuízos na qualidade de vida.

Um velho ditado popular diz que o tempo cura tudo. Talvez isso seja verdade para as “feridas do coração”, mas não para algumas feridas do corpo. Há um grupo de lesões que afetam a pele e outros tecidos mais profundos que nós, profissionais de saúde, chamamos de feridas complexas. A falta de tratamento adequado em razão do desconhecimento sobre esse problema pode provocar meses ou até anos de sofrimento. Infelizmente, essa é uma situação frequente entre milhares de brasileiros.

As feridas complexas têm origens diversas. As lesões nos pés do diabético são uma complicação comum que atinge cerca de 280 mil brasileiros com a doença por ano. O tratamento tardio dessas lesões pode ocasionar até 70% das amputações de membros inferiores por causas não traumáticas no país. Outra ferida crônica debilitante é a úlcera por pressão, também conhecida como escara. Ela aparece sobretudo em pessoas acamadas e é o terceiro tipo de ocorrência mais notificado pelos Núcleos de Segurança do Paciente dos hospitais brasileiros.

:: LEIA MAIS »

Má informação também pode prejudicar a saúde física do idoso

Antes de indicar um exercício a um idoso, pergunte primeiro o que ele sente, diz especialista.

Quando a idade vem chegando, os idosos começam a sofrer com alguns problemas erroneamente considerados normais para a idade, como dores nas articulações, nos ossos e até mesmo no equilíbrio. Muitos desses problemas podem ser causados pela falta de atividade física ou pela atividade física exercida de forma incorreta. Ouça a entrevista:

O professor Carlos Roberto Bueno Júnior, da Escola de Educação Física e Esporte de Ribeirão Preto (EEFERP) da USP, explica que a prática de atividade física é muito importante, porque colabora para a perda de gordura no sangue, ajuda a diminuir os altos índices de açúcar, ajuda no emagrecimento, sem falar da importância para o desenvolvimento muscular. “A atividade física aplicada ao idoso deve ser muito bem analisada, principalmente pelo fato dessa população ter mais dores e apresentar certas limitações. Por isso, as atividades prescritas devem ser feitas, principalmente, analisando essas limitações”, diz o professor.

:: LEIA MAIS »

Conheça os benefícios do vegetarianismo para a saúde

Com cada vez mais espaço no Brasil, o vegetarianismo traz melhoras significativas para a saúde dos adeptos.

O vegetarianismo vem ganhando popularidade todos os anos no Brasil. Uma pesquisa realizada pelo Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística (Ibope) mostrou que, em 2018, 14% dos brasileiros, cerca de 30 milhões de pessoas, se declaram vegetarianos. Além dos benefícios para a causa animal, o regime também traz melhorias para a qualidade de vida dos adeptos.

De acordo com a nutricionista Sara Ortins, o primeiro ganho que os pacientes informam é na melhora das funções intestinais. Isso ocorre pela maior quantidade de fibras presente em uma dieta vegetariana balanceada, rica em frutas e legumes. “Você aumenta a disposição, fica mais leve. Está comendo alimentos mais facilmente digeridos, diferentes da carne”, fala. Para não confundir: vegetarianos estritos não utilizam nenhum tipo de produto animal na alimentação. O ovolactovegetariano se refere aos que mantém ovos e produtos lácteos na dieta. Já o veganismo restringe para que nada derivado de animal seja utilizado no cotidiano, como roupas de couro ou outros tipos de pele.

:: LEIA MAIS »

Futebol com efeito de remédio: Pesquisa aponta os principais benefícios deste esporte

Que a prática de atividade física faz bem para o corpo todo mundo sabe. Mas uma revisão científica feita por estudiosos dinamarqueses exalta particularidades muito bem-vindas do esporte preferido dos brasileiros.

De acordo com os novos achados, o futebol aprimora a capacidade cardiorrespiratória, os níveis de colesterol e pressão e a forma física dos praticantes amadores. “Observamos que a modalidade tem amplos efeitos no organismo, além de melhorar o bem-estar social, a imagem corporal, a autoconfiança e a qualidade de vida”, conta Peter Krustrup, professor de Ciências do Esporte e Saúde da Universidade do Sul da Dinamarca. Nos dados analisados pelo time de Krustrup, o aspecto competitivo do futebol foi deixado de lado — isso para evitar que o estresse e as jogadas mais agressivas resultassem em tensão e lesões.

:: LEIA MAIS »

Cardápio rico em prebióticos e probióticos para turbinar a saúde e a dieta

Este menu é bem abastecido de bactérias que vão manter seu intestino (e seu corpo) em ordem.

A ciência está desvendando cada vez mais vantagens em seguir uma dieta que forneças boas doses de prebióticos, probióticos e até posbióticos – bactérias que agem no intestino e contribuem para um corpo mais saudável (e mais magro também). A seguir, confira um cardápio sugerido pela nutricionista Eliane Tagliari, de Curitiba, para se manter abastecida desse exército poderoso.

Cardápio rico em prebióticos e probióticos

Café da manhã

  • 1 copo (200 ml) de suco verde (couve com maçã e hortelã)
  • 1 prato (sobremesa) de fruta picada (mamão, pera, abacaxi ou abacate)
  • Omelete (clara e gema) com salsa e cebolinha

:: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia